Volvo XC40 elétrico chegará ao Brasil em meados de 2021

Crossover com 400 km de autonomia foi confirmado por presidente da marca no país

52
Volvo XC40 elétrico
Volvo XC40 elétrico

Volvo XC40 elétrico

Volvo prepara para a chegada de seu primeiro carro totalmente elétrico no Brasil. Batizado como Volvo XC40 Recharge, o menor crossover da marca sueca desembarcará no nosso mercado na metade do ano que vem, ainda sem preço divulgado. O modelo foi confirmado por João Oliveira, presidente da Volvo Car no país, durante a live feita com Motor1.com pelo Instagram.

“Estamos caminhando para uma linha totalmente eletrificada no Brasil”, afirma Oliveira. “O XC40 elétrico faz parte da nossa estratégia e será lançado por volta da metade do ano que vem.” Sua vinda já havia sido indicada pela marca para 2021, mas sem um momento exato para o lançamento. Até a Europa ainda não recebeu o modelo, que começará a ser entregue nas concessionárias apenas no final do ano.

Volvo XC40 Recharge (2020)

O XC40 Recharge é praticamente idêntico às variantes com motor a combustão, usando a mesma plataforma CMA. O design é ligeiramente diferente, com uma placa no lugar da grade frontal, a ausência das saídas de escapamento e rodas com um novo desenho. As medidas também mudam em alguns pontos. Ainda mede 4,42 metros de comprimento e 2,03 m de largura, mas o vão livre em relação ao solo caiu de 211 milímetros para 175 mm, enquanto o porta-malas foi reduzido de 460 litros para 413 litros, por conta das baterias no assolhado. Em compensação, ganhou um bagageiro extra de 31 litros sob o capô, onde estaria o motor a combustão.

Já o interior traz um novo painel de instrumentos digital e uma central multimídia inédita, desenvolvida em parceria com a Google e que usa um sistema usado Android Automotive OS. Ele foi criado de forma a integrar alguns recursos como Google Maps, Google Play Store e Google Assistente, inclusive permitindo o uso do assistente de voz para controlar algumas funções como temperatura do ar-condicionado.

Ainda traz o controle de cruzeiro adaptativo desenvolvido pela Zenuity, uma joint venture da Volvo com a Veoneer que trabalha com sistemas autônomos e assistências de condução. Ele funciona com radares, câmeras e sensores ultrassônicos para manter o veículo na pista e seguindo a velocidade, inclusive fazendo curvas leves sozinho, embora peça que o motorista mantenha as mãos ao volante.

Volvo XC40 Recharge
Volvo XC40 Recharge

O grande destaque, obviamente, é sua motorização elétrica, formada por dois motores que entregam 413 cv e 67,3 kgfm de torque. A Volvo diz que ele alcança os 100 km/h em 4,9 segundos e tem velocidade máxima limitada em 180 km/h, mesmo que pese 2.150 kg, consideravelmente mais do que os 1.497 kg da versão a combustão. A energia vem das baterias de 78 kWh e entrega uma autonomia de 400 km, precisando de 40 minutos para recuperar 80% de sua carga com uma tomada de recarga rápida.

Falando em postos de recarga, Oliveira ainda confirmou que a Volvo continua a investir na parte de infraestrutura para os elétricos e plug-in híbridos. O executivo revela que chegarão a marca de 500 pontos de recarga instalados no país, aproveitando a parceria com a rede de mercados Pão de Açúcar, oferecendo um carregador em cada supermercado.

Volvo XC40 Recharge - Fotos ao vivo
Volvo XC40 Recharge - Fotos ao vivo

Na Europa, o Volvo XC40 Recharge entrou em pré-venda em alguns mercados, com preços a partir de 62 mil euros (cerca de R$ 389,5 mil pela cotação atual). Como o XC40 T5 Twin Engine, a versão híbrida plug-in do crossover, é vendida por R$ 229.950, espere que o elétrico custe algo próximo dos R$ 300 mil para o nosso mercado.