Declínio no Preço das Baterias Impulsionará Veículos Elétricos Até 2026

Segundo estudo da RMI, valor do componente poderá chegar a US$ 60 por quilowatt-hora

71

Declínio no Preço das Baterias
Declínio no Preço das Baterias

Declínio no Preço das Baterias – Uma análise realizada pelo Rocky Mountain Institute (RMI) revela uma tendência promissora para o mercado de veículos elétricos: até 2024 na Europa e 2026 nos Estados Unidos, os custos das baterias para veículos elétricos se igualarão aos das baterias de veículos movidos a combustão. O estudo aponta ainda que, em 2030, os veículos elétricos representarão dois terços das vendas automotivas globais.

Atualmente, as baterias são um componente significativo no custo dos veículos elétricos, correspondendo a aproximadamente 40% do valor total do veículo. Esse alto custo tem sido um fator limitante na acessibilidade destes veículos para muitos consumidores ao redor do mundo.

O relatório do RMI projeta uma redução substancial nos custos das baterias ao longo desta década. Estima-se que o preço caia de US$ 151 por quilowatt-hora (kWh) em 2022 para uma faixa entre US$ 60 e US$ 90 por kWh. Esta diminuição de custo fará com que os veículos elétricos se tornem tão acessíveis quanto os veículos a gasolina em todos os mercados até 2030.

De acordo com o estudo, essa redução de preço será impulsionada pelo investimento das montadoras em novos materiais e tecnologias para a composição das baterias, bem como em sistemas a eles associados.