Sedã elétrico da Volkswagen pode percorrer 700 km com uma carga de bateria

O ID.7 começa a ser vendido na Europa no segundo semestre

1485

Sedã ID 7 Sedã ID 7

Sedã ID 7 – E, certamente se pode dizer, que o histórico Passat já tem seu sucessor elétrico. Ainda que não com o mesmo, o ID.7 deve agradar em cheio aos tradicionais consumidores do sedã que durante décadas foi conhecido como um dos expoentes da Volkswagen, em especial na Europa.

E eles não precisarão esperar muito mais. A VW afirma que o novo modelo de quase 5 metros estará nas lojas europeias já na metade do próximo semestre, com produção na fábrica de Emden, Alemanha, também para o mercado norte-americano a partir do ano que vem — uma versão independente, como prefere chamar a montadora, será fabricada na China para o mercado local ainda em 2023.

O ID.7 é o primeiro sedã da VW concebido desde o início para a propulsão exclusivamente elétrica e um dos dez modelos elétricos que serão lançados pela marca até 2026. A empresa, que já vende o ID.4, apresentou este ano o novo ID.3, o ID. Buzz long wheel-base e confirmou, para 2026, um SUV compacto e o ID.2 all, carro de entrada com preço estimado € 25 mil.

A montadora objetiva ter 80% de suas vendas na Europa com carros elétricos até 2030 e só produzir movidos a bateria no continente a partir de 2033. O ID.7  é um passo importante nessa trajetória, sobretudo por apresentar uma linha de motores mais eficientes e robusta. Conhecido como APP550, foi desenvolvido em conjunto com a Volkswagen Group Components em Kassel, na Alemanha, onde será produzido.

Com 210 kW, é o motor elétrico mais potente e de maior torque da linha e, dependendo do tamanho da bateria, o ID.7 pode percorrer até 700 km (ciclo WLTP) e alcançar velocidade de recarga de até 200 kW. Colabora para essa autonomia, admite a VW, também o coeficiente aerodinâmico de cerca de 0,23.

ID.7 Volkswagen

O sedã também inaugura uma nova proposta para os paineis e quadro de instrumentos da linha elétrica da marca. Naturalmente, também contará com um grande número de equipamentos de auxílio à condução e conectividade elevada.

O sistema Travel Assist, por exemplo, poderá assumir o controle total do veículo quando necessário. Na estrada, acima de 90 km/h, o sedã elétrico muda de faixa sozinho. Na hora de estacionar, realiza diferente manobras, totalmente independente. Uma delas é o estacionamento com função de memória até uma distância de 50 metros. Para isso, o motorista permanece sentado no ID.7 ou monitora a manobra do lado de fora do carro, por meio de aplicativo no celular.