GM suspende produção do Onix até junho

Falta de componentes interrompeu a linha de montagem em Gravataí (RS), que só deve voltar à normalidade em julho

71
GM suspende produção do Onix
GM suspende produção do Onix até junho
Linha de produção do Onix em Gravataí (RS): parada prolongada

GM suspende produção do Onix

Prevista para ficar suspensa pelo mês de março, a produção do Chevrolet Onix na fábrica de Gravataí (RS) deve amargar um período maior de interrupção. Em fevereiro, o Sinmgra, o sindicato dos metalúrgicos da cidade, havia confirmado que a fábrica pararia em março (leia aqui), quando os empregados entrariam em férias coletivas, com o objetivo de recompor os estoques de itens que estão faltando, principalmente eletrônicos.

Agora a falta de componentes obrigou a General Motors a estender o prazo de interrupção da produção do Onix, que é o carro mais vendido do Brasil. A linha de montagem ficará parada em abril e maio, com a possibilidade do retorno às atividades em junho, adiantou o site Mobiauto. Mesmo assim, a GM reconhece que a produção só deve ser regularizada em julho.

Procurada pela reportagem, a GM divulgou uma nota oficial sobre o tema, que corrobora a informação da parada por dois meses. “A cadeia de suprimentos da indústria automotiva na América do Sul tem sido impactada pelas paradas de produção durante a pandemia e pela recuperação do mercado mais rápida que o esperado. Isso está afetando de forma temporária nosso cronograma de produção na fábrica de Gravataí (RS). A produção nesta unidade será interrompida nos meses de abril e maio, podendo ter efeitos em junho, retornando ao volume de produção regular em julho.”