Nissan desembarca primeiras unidades do novo Versa mexicano no Brasil

Nova geração do sedã compacto é importada do México e virá para disputar faixa mais cara do segmento

114

Nova geração do VersaNova geração do Versa

A Nissan do Brasil anunciou na segunda-feira, 19, a chegada das primeiras unidades da nova geração do seu sedã compacto Versa, que é produzido na fábrica de Aguascalientes, no México.

Até o momento, a Nissan confirmou apenas que o novo modelo vai ocupar a faixa superior do segmento, mais próximo dos sedãs médios, enquanto o Versa V-Drive (modelo da primeira geração) segue em produção no Brasil, em Resende (RJ), para disputar espaço entre as opções mais acessíveis. Com isso, é praticamente certo que o Versa de segunda geração vai investir em itens tecnológicos para se diferenciar e justificar o preço mais alto que provavelmente será pedido pela montadora.

O novo Versa deverá oferecer equipamentos de assistência ao condutor, como monitor de ponto cego e alerta de colisão frontal, por exemplo, que são disponibilizados no modelo à venda no México. Já o sistema de visualização 360° por meio de câmeras – presente no Kicks e na picape Frontier – é uma das exclusividades que o novo Versa oferece no mercado mexicano (como opcional) e que, provavelmente, também será disponibilizado por aqui.

Em compensação, não deverá haver novidades sobre o conjunto mecânico: o novo sedã, ao que tudo indica, seguirá contando com o motor 1.6 flex de quatro cilindros e 16 válvulas, acoplado ao câmbio CVT continuamente variável. Pode haver, porém, algum acréscimo em potência e torque, por conta de mudanças na calibragem. O lançamento oficial do novo Nissan Versa vai ocorrer na próxima semana e o modelo já deverá ser encontrado nas concessionárias em novembro.