VW inicia produção do projeto Tarek (anti-Compass) na Argentina

Modelo terá motor 1.4 TSI de 150 cv e câmbio automático de 6 marcha; apresentação é esperada para novembro

90

Projeto TarekProjeto Tarek

Agora que já tem um SUV compacto e uma opção média de 7 lugares, na forma do T-Cross e do Tiguan, respectivamente, a Volkswagen começa a focar as atenções em seu SUV médio. Chamado internamente de Projeto Tarek, o carro que irá competir diretamente com o Jeep Compass começou a ser montado na Argentina, nas primeiras unidades para teste da linha de produção. A apresentação será no final do ano, enquanto o lançamento comercial ficará para o começo de 2021.

Volkswagen Tharu – Fotos oficiais

O início da produção do Projeto Tarek foi marcado pela visita do presidente argentino Alberto Fernández à fábrica em General Pacheco. O site Argentina Autoblog conversou com Leonardo Ezcurra, gerente-executivo de lançamento do veículo, que revelou o cronograma do modelo:

  • Março de 2020: produção das primeiras 20 unidades na configuração “Veículo de fabricação avançada”. Eles serão usados ​​para ajustar toda a linha de produção da fábrica em General Pacheco.
  • Maio de 2020: Produção de 70 unidades pré-série para Homologação. Eles serão utilizados para testes de laboratório de homologação, incluindo provas de emissão e testes de colisão, entre outros.
  • Setembro de 2020: serão fabricadas 50 unidades denominadas “Série 0”. Serão veículos com especificações já definidas para produção em série. Eles serão usados ​​para testar o ritmo de fabricação da linha de produção e apresentações em eventos.
  • Outubro de 2020: 50 unidades serão fabricadas para “Marketing”. Eles serão utilizados para ações de comunicação, como gravação das peças publicitárias. Também serão usados para o lançamento oficial e exposição durante a pré-venda.
  • Janeiro de 2021: será o início da fabricação em série ou “Start of Production” (POP). Ele iniciará gradualmente, com um crescimento sustentado da produção até atingir a meta de 250 unidades por dia.

O Projeto Tarek é fruto de um investimento de US$ 650 milhões no complexo argentino. Trata-se da versão latina do Volkswagen Tharu, modelo que já existe na China. Terá 4,45 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,63 m de altura e 2,68 m de entre-eixos. Com esta medida, ele tem porte inferior ao do Tiguan Allspace, que tem 4,70 m, e será vendido somente com 5 lugares.

Algumas informações já foram confirmadas pela Volkswagen. Terá motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque, sempre com câmbio automático Tiptronic de 6 marchas e tração dianteira. A suspensão é independente nas quatro rodas, usando um conjunto multilink no eixo traseiro. A marca confirma que o SUV terá mudanças no design em comparação ao modelo chinês e que terá um novo nome – Tarek é apenas o nome do projeto.

Sua apresentação oficial é esperada para novembro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo – caso o evento ainda aconteça, já que cada vez mais marcas estão revelando que não irão participar da edição deste ano. Os preços ainda não foram revelados, mas podemos esperar por algo entre R$ 115 mil e R$ 130 mil, possivelmente com apenas duas versões, já que terá uma única motorização. Sua chegada deve por um fim ao Tiguan Allspace 250 TSI, opção de entrada do crossover que tem cinco lugares e o mesmo motor 1.4 TSI.