Toyota comprará 5% de participação na Suzuki

Empresas se unem em aliança de capital de mais de US$ 1,36 bilhão

43

Toyota e a SuzukiToyota e a Suzuki

Toyota e a Suzuki anunciaram que formarão uma aliança de capital a fim de se unirem no desenvolvimento tecnológico e diluir seus altos custos. Em comunicado conjunto divulgado na quarta-feira, 28, as empresas japonesas informam que o acordo prevê um investimento da Toyota equivalente a US$ 910 milhões (¥ 96 bilhões) para adquirir 4,9% de participação na Suzuki, que por sua vez também vai desembolsar cerca de US$ 455 milhões (¥ 48 bilhões) por ações da Toyota, equivalentes a 0,2% de participação. Tais aquisições ainda estão sujeitas à aprovação de reguladoras de concorrência internacional.

Em comunicado, as empresas afirmam que juntas pretendem superar os desafios enfrentados pela indústria com a disrupção do setor por meio do aprofundamento de sua relação cooperativa em novos segmentos, incluindo direção autônoma, mas que continuam concorrentes, fortalecendo tecnologias e produtos nos quais cada uma é especializada.

A iniciativa converge com a estratégia da Toyota que tem procurado expandir a escala nas tecnologias de próxima geração – visando redução de custos. A empresa já havia anunciado em abril deste ano que oferecerá acesso gratuito a patentes para motores de veículos híbridos e elétricos, mudança que segundo a companhia ajudará a reduzir em até metade os gastos com componentes destes veículos nos Estados Unidos, China e no Japão.

Por sua vez, a Suzuki, especializada em carros compactos e com preços mais acessíveis, vinha lutando para acompanhar os custos elevados ao investir em pesquisa e desenvolvimento. A empresa disse que usará parte dos recursos (US$ 189,5 milhões / ¥ 20 bilhões) no desenvolvimento de novas tecnologias, incluindo direção autônoma, e o restante para reabastecer seu capital.

As duas empresas começaram a conversar sobre uma parceria comercial em outubro de 2016 e desde então vêm acrescentando novas premissas ao acordo. Em março deste ano, anunciaram um acordo para produzir veículos elétricos e carros compactos um para o outro, incluindo suprimento mútuo, unindo know how da Toyota em tecnologias de eletrificação à tecnologia para compactos da Suzuki.