Home Carro e Moto Carro Honda Motor de Argentina deixará de montar carros no país

Honda Motor de Argentina deixará de montar carros no país

Como consequência da crise local, fábrica de Campana manterá apenas produção de motos

93
Honda Motor de Argentina
Com o fim do HR-V argentino em 2020, Honda negociará com sindicato local um pacote de desligamento voluntário

Honda Motor de Argentina

Como consequência de uma crise econômica que encolheu em mais de 50% o mercado de veículos, a Honda Motor de Argentina (HAR) decidiu interromper em 2020 a produção do utilitário esportivo HR-V no país. Este é o único automóvel que a empresa monta atualmente em sua planta de Campana, na região de Buenos Aires. Com isso, somente as motos Honda feitas no país vizinho permanecerão em produção na unidade.

A fábrica de Campana emprega atualmente cerca de mil colaboradores. A montadora está em tratativas com o sindicato local para oferecer um pacote de desligamento voluntário para os interessados, mas não informa quantas pessoas pretende cortar. A planta começou a montar motocicletas em 2006 e automóveis em 2011. Além do HR-V a empresa fabrica na Argentina as motos CG 150 (urbana), XR 150L (semelhante à brasileira Bros) e Wave (parecida com a Biz).

Com a mudança, a Honda pretende aumentar o conteúdo local das motos e fortalecer a cadeia de suprimentos local. Isso poderia resultar na redução das exportações a partir de Manaus (AM), mas a companhia informa que não se espera nenhum impacto desta decisão na operação de motos no Brasil.

A Honda informa também que continuará atuando na Argentina com importações no segmento de automóveis.