Financiamento de veículos cresce 4,5% até julho

Volume atinge 694,7 mil unidades em sete meses, 44,7% do total vendido no período

28

Financiamento de veículosFinanciamento de veículos

financiamento de veículos cresceu 4,5% entre janeiro e julho quando comparado com iguais meses do ano passado ao atingir as 694,7 mil unidades, na soma de leves e pesados (exclui motocicletas), de acordo com dados divulgados pela B3, antiga Cetip e que opera o sistema nacional de gravames (SNG). O volume representa 44,7% do total de veículos vendidos nos sete meses acumulados do ano, que foi de 1,55 milhão de unidades.

Financiamento de Veículos leves

No segmento de veículos leves, que considera automóveis e comerciais leves, o total de financiados foi 5,3% maior na comparação anual, para pouco mais de 635,3 mil unidades: há um ano, este volume era de 603,1 mil.

Financiamento de Veículos pesados

Já nos pesados, houve alta expressiva no volume de caminhões e ônibus financiados: com 59,4 mil unidades, as vendas a prazo da categoria superaram as do ano passado em 40,7%, sempre considerando o período acumulado de janeiro a julho. Resultado que reflete e acompanha a alta do mercado de comerciais pesados, cujas vendas já estão acima da previsão da indústria.

Na categoria de usados, o total de veículos financiados no acumulado cresceu 8,3% ao superar 1,72 milhão de unidades. Este volume considera a soma de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus e representa pouco mais de 27% do total de veículos usados vendidos no período, que somam 6,36 milhões.

No setor de duas rodas, os financiamentos também avançaram e fecharam o acumulado até julho com 363,7 mil motocicletas vendidas a prazo, alta de 14% sobre mesmo intervalo de 2018. As motos usadas e financiadas somam 83,3 mil, incremento de 20%.