YPF incentiva a inclusão de mulheres nas atividades fabris

Ergonomia e perspectiva de gênero são pilares de incentivo da petroleira as mulheres presentes nas atividades industriais da marca

45
Português
Español/Castellano
English

YPF incentiva a inclusão feminina
YPF incentiva a inclusão feminina

YPF incentiva a inclusão feminina – Uma melhor ergonomia e perspectivas de crescimento de gênero, esses são alguns dos principais pilares da YPF, petroleira argentina, com subsidiária no Brasil, para o desenvolvimento feminino dentro de suas atividades fabris. Esse foi o discurso desenvolvido pela engenheira de obras, Thaimari Marin, em sua participação no 37º Congresso AIGLP, realizado no Brasil. Thaimari é venezuelana e uma das principais referências na inserção feminina, potencializando o trabalho da mulher dentro da YPF.

“Respeitar a singularidade, criar oportunidades, promover a inclusão, valorizar os talentos femininos. Essas são premissas importantes para o desenvolvimento de uma boa perspectiva de crescimento de gênero dentro de uma companhia”, ressalta a engenheira.

Fomentando o debate de inclusão e equiparação de oportunidades entre homens e mulheres, a YPF, juntamente com Thaimari, desenvolveu um projeto de transformação das plantas fabris da companhia para gerar condições iguais no manuseio e operacionalização de todo o processo industrial.

Atualmente, nas unidades fabris da petroleira, cerca de um por cento dos operários são mulheres. O projeto identificou processos operacionais, movimentos e tarefas manuais que geram desigualdade entre a classe operária feminina.

Pensando nisso, a companhia decidiu criar novas instalações capazes de gerar maior equidade e equiparação de gênero no processo produtivo da empresa, incentivar um ambiente de trabalho mais inclusivo e harmonioso entre homens e mulheres e aumentar a inserção do público feminino nas plantas industriais.

“Nossa preocupação é gerar um ambiente de trabalho que seja propício para homens e mulheres, e consequentemente aumentar nossa produtividade. Entendemos que uma planta fabril que proporcione igualdade para ambos os gêneros, pode comumente elevar nosso nível de produção”, afirma Marin.

Projeto sendo posto em prática

A unidade localizada em Mar Del Plata, na Argentina, foi a primeira designada a receber as novas adequações. Foram definidos novos uniformes para as atuais mulheres, novos desenhos e estruturas que potencializam o trabalho feminino, com novas máquinas, ferramentas e tecnologias que permitam homens e mulheres operá-las, estruturas simples, como vestiários e espaços para lactantes e a geração de um maior incentivo na participação feminina.

“Com essas mudanças e o pilar de igualdade sendo cada vez mais levantado dentro da YPF, prevemos um avanço de 40% na equidade de gêneros dentro da companhia. O projeto está em franca expansão para todas nossas unidades”, finaliza Thaimari.

 

Sobre a YPF Brasil

*Atua no Brasil desde 1998, possui sede e fábrica em Diadema-SP, e tem em seu portfólio uma linha completa de lubrificantes para automóveis sob a marca ELAION, veículos pesados e agrícolas sob a marca EXTRAVIDA, além de graxas e fluidos funcionais. Através de seus distribuidores e revendedores, a YPF tem distribuição em todo país.Visite o site www.ypf.com.br  e conheça as redes sociais para saber mais sobre a história e nossa linha de produtos.