Mercado brasileiro de lubrificantes inicia ano em ritmo acelerado

363

mercado brasileiro de lubrificantes

Mercado Brasileiro de Lubrificantes no 1º bimestre de 2021

O ano de 2021 iniciou diferente e acelerado para o mercado brasileiro de lubrificantes. Com um mês de fevereiro sem carnaval e com recorde de vendas, o primeiro bimestre apresentou um volume de 242.103 m3, superior em 11,7% ao mesmo período de 2020.

Esse volume está bem de acordo com o recorde de importação de básicos que já foi anunciado por esta newsletter anteriormente, para esses dois primeiros meses.

Leia mais sobre a recuperação em “V” do Mercado Brasileiro de Lubrificantes

Transmissão hidráulica chama a atenção

Além do aumento significativo dos óleos para motores (ciclo diesel e ciclo Otto), que correspondem a pouco mais de 55% do mercado, chama também a atenção o forte aumento no volume apresentado pelos óleos de transmissão e sistemas hidráulicos, que correspondeu a quase 23% do total das vendas de lubrificantes no bimestre.

Os óleos de transmissões hidráulicas também foram destaque nas importações, com um significativo volume importado da Argentina, no mês de janeiro.

Na corrida pela participação de mercado, a Iconic largou na frente, com cerca de 18,5%, seguida pela BR com 16,9%, a Moove com 14,6%, a Shell com 11,0% e a Petronas fechando o Top five com 8,5%.