Peugeot deve voltar a produzir motos de até 300 cm³

125
Divisão de motocicletas Peugeot
Peugeot PX2 Cafe Racer

Divisão de motocicletas Peugeot

No Brasil a Peugeot é conhecida por comercializar apenas automóveis, mas no exterior a marca francesa possui uma divisão de motocicletas Peugeot que atualmente produz apenas scooters. Desde outubro de 2019 essa divisão está sob a responsabilidade dos indianos da Mahindra, que detém marcas como a Jawa, e entre seus próximos planos está a retomada da produção de motocicletas de até 300 cilindradas.

Em entrevista à MOTOCICLISMO ITÁLIA, Mario Minella, presidente da Gam Motors, a empresa responsável pela importação da Peugeot Motorcycles para a Itália, falou sobre os planos futuros da marca. De acordo com o executivo, a divisão de motos da Peugeot pretende se reposicionar globalmente com novos produtos e design, além de adotar uma “imagem mais jovem e agressiva” mundialmente.

Peugeot, Peugeot Motorcycles, Mahindra, Paris Motor Show, Salão de Paris, P2X, café racer, city, scooter, Autocar India, Motorcyclenews, lançamento, conceito, França, Paris, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, motociclcismo, Neo Sports Café, Honda

A primeira motocicleta que a Peugeot deve voltar a oferecer possivelmente será baseada no conceito PX2, apresentado em duas versões no Salão de Paris, em 2018: uma roadster de 125 cm³ e uma café racer de 300 cm³. Segundo Minella, a motocicleta pode ter versões com motorização que vão dos 150 cm³ até 500 cm³. “Essa é a base  sobre a qual pretendemos trabalhar em todos os mercados “, destaca.

Peugeot, Peugeot Motorcycles, Mahindra, Paris Motor Show, Salão de Paris, P2X, café racer, city, scooter, Autocar India, Motorcyclenews, lançamento, conceito, França, Paris, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, motociclcismo, Neo Sports Café, Honda
Peugeot, Peugeot Motorcycles, Mahindra, Paris Motor Show, Salão de Paris, P2X, café racer, city, scooter, Autocar India, Motorcyclenews, lançamento, conceito, França, Paris, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, motociclcismo, Neo Sports Café, Honda

 

No “país da bota”, a marca comercializa atualmente scooters que vão dos 50 cm³ até 200 cm³, além do Metropolis, um scooter de três rodas que conta com motor de 399 cm³ que pode ser pilotado por pessoas que possuam habilitação para conduzir automóveis.