KTM 450 SMR 2024: DNA off-road e muita eletrônica embarcada

163

KTM 450 SMR

A nova KTM 450 SMR é, como as suas irmãs da gama, uma autêntica moto pronta para as pistas off-road. Trata-se de uma parente próxima da KTM 450 SMR que conquistou o título AMA Supermoto de 2022 com o piloto austríaco Lukas Höllbacher, o qual contribuiu para fornecer feedback aos engenheiros da marca austríaca para o desenvolvimento da versão 2024.

Ela chegará a todas as concessionárias KTM a partir da última semana deste mês com preço sugerido de 13.190 euros, cerca de R$ 70.700 em conversão direta.

A versão 2024 recebeu um novo toque de cor. O laranja, o branco e o preto da KTM criam um efeito desbotado em velocidade, destacando a distinta faixa roxa, inspirada nas motocicletas KTM de 1990 dos circuitos internacionais.

 

Principais atributos

O motor monocilíndrico de 450 cm³ tem uma massa total de 27 kg e desenvolve uma potência máxima de 63 cv. Ele contém um corpo de acelerador Keihin de 44 mm e compartimento de transmissão por meio de uma embreagem deslizante Suter.

A estrutura é feita de tubos de aço hidroformados, capazes de fornecer a combinação certa de rigidez à flexão e à torção. O quadro funciona em conjunto com um braço oscilante de alumínio fundido oco, garfo WP XACT de 48 mm com tecnologia AER e monoamortecedor WP XACT.

Um pacote de suspensão ajustável, com funções de amortecimento separadas entre compressão e recuperação está incluso.

A frenagem é confiada ao sistema Brembo com pinça radial de quatro pistões combinada com um disco dianteiro de 310 mm. A unidade traseira de pistão único, por sua vez, dispõe de um disco de 220 mm que promete boa modulação.

Arranque elétrico e eletrônica da nova KTM 450 SMR

A 450 SMR 2024 adota o sistema de arranque elétrico, mas o destaque certamente fica para os dispositivos eletrônicos de assistência à condução, gerenciados pela ECU Keihin: são dois mapas de motor selecionáveis, controle de largada, controle de tração e o quickshifter.

O pacote também inclui a luz de advertência de injeção em LED e um sensor de capotamento que, em caso de acidente, verifica a posição da máquina e desliga o motor automaticamente.

Por último, os pneus são os Metzeler Racetec SM K1 Supermoto que aquecem rapidamente e têm bom desempenho em termos de faixa de temperatura e diferentes condições de piso. Eles são montados em rodas de liga leve Alpina de alta resistência, porém leves, com cubos maquinados em CNC.