Novo VW Golf 2020 ganha versão híbrida que roda 80 km no modo elétrico

A nova geração do Golf agora está disponível em duas versões híbridas plug-in na Europa. - Volkswagen Golf se tornará o modelo com mais opções eletrificadas da marca - Versão eHybrid se destaca pela autonomia em modo elétrico de 80 km - Versão GTE aprimora desempenho e acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos

47

Volkswagen GolfVolkswagen Golf

Revelada no fim do ano passado, a nova geração do Volkswagen Golf acaba de receber duas versões híbridas plug-in na Europa: eHybrid “projetado para o máximo conforto” e GTE com potência extra para se equiparar ao Golf GTI.

Ambos são equipados com a mesma bateria de 13 kWh (50% a mais que o GTE da geração anterior), mas o GTE tem mais potência que o eHybrid (245 cv vs 204 cv), o que afetou a autonomia no modo puramente elétrico. No caso do Golf eHybrid, é de até 80 km, enquanto o GTE pode rodar um pouco menos: 62 km. Os dois números de alcance elétrico são indicados pelo padrão NEDC.

Volkswagen Golf GTE 2020

Em termos de desempenho, a versão eHybrid pode acelerar de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e atingir a velocidade máxima de 220 km/h. Mais forte, o GTE cumpre a mesma tarefa em 6,7 segundos e atinge a velocidade máxima de 225 km/h.

Na Alemanha, os preços (incluindo 16% de imposto de IVA; válidos até 31 de dezembro de 2020) começam em:

  • Golf eHybrid: € 39.781,18 (R$ 263.703)
  • Golfe GTE: € 41.667,40 (R$ 276.205)

Especificações do Volkswagen Golf eHybrid:

  • até 80 km de alcance em modo 100% elétrico (NEDC)
    870 km de autonomia total (NEDC)
  • Bateria de 13 kWh
  • potência do sistema de 150 kW (204 cv)
    motor TSI (motor turbo a gasolina) com caixa de câmbio de dupla embreagem de 6 velocidades DSG e motor elétrico

Especificações do Volkswagen Golf GTE:

  • até 62 km de alcance em modo 100% elétrico (NEDC)
    745 km de autonomia total (NEDC)
  • Bateria de 13 kWh
  • potência do sistema de 180 kW (245 cv),
    motor TSI (motor turbo a gasolina) com caixa de câmbio de dupla embreagem de 6 velocidades DSG e motor elétrico

Além destas duas novas versões, a Europa já tem à disposição o Golf eTSI com propulsão híbrida leve (MHEV) de 48 V e com 150 cv de potência que já está à venda – mais duas variantes de desempenho eTSI chegarão ao mercado ainda em 2020. Até o final do ano, a Volkswagen planeja oferecer um total de oito variantes do Golf e Golf Variant com propulsão híbrida, passando a ser a linha com mais opções eletrificadas da marca.

Brasil

Ainda sem futuro definido no Brasil, o VW Golf de oitava geração já foi registrado pela marca no país. O lançamento por aqui era especulado para o fim deste ano, mas como a maioria dos cronogramas sofreram atrasos por conta da pandemia, o mais provável é que a estreia ocorra até o início de 2021, inclusive com a chegada deste atualizado híbrido GTE.

Fonte: Ecomento