Produção de motos supera 100 mil unidades em janeiro

Fabricantes de Manaus começam o ano aceleradas para reabastecer a rede

35

Produção de motosProdução de motos

produção de motos em Manaus (AM) teve um início de ano aquecido, com 100,3 mil unidades montadas em janeiro e alta de 19,5% sobre o mesmo mês do ano passado. A comparação com dezembro revela acréscimo ainda mais acentuado. 45,2%, mas neste caso em razão das férias coletivas de fim de ano. Os dados foram fornecidos pela Abraciclo, entidade que reúne fabricantes do setor.

Ao que parece, as fabricantes procuraram compensar a falta de modelos de baixa cilindrada na rede, o que teria comprometido os emplacamentos neste começo de ano.

As vendas no atacado (das montadoras para a rede) confirmam essa hipótese. Em janeiro as concessionárias compraram 90,9 mil motocicletas, acréscimo de 11,3% sobre igual mês de 2019.

“O ano começou com negócios em evolução, o que reforça nossas previsões de crescimento para 2020”, afirma o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

 

Apesar do otimismo neste ano que se inicia, a Abraciclo estima para 2020 a produção de 1,17 milhão de unidades e alta de apenas 6,1% sobre o ano passado. Isso ocorre porque as exportações devem fechar 2020 com apenas 28 mil unidades e queda de 27,5% em relação ao ano passado. Os embarques estão prejudicados pela retração do mercado argentino.

Os emplacamentos em janeiro somaram 91,7 mil motocicletas. Com 22 dias úteis, a média diária de exatas 4.167 unidades foi a melhor para o mês desde 2015. A projeção da Abraciclo para o mercado interno em 2020 também é contida: 1,14 milhão de unidades e alta de apenas 5,8%.