Kawasaki apresenta novas Z900 e KX 250 no SDR 2019

80
Kawasaki Z900 2020
Kawasaki Z900 2020: estilo Sugomi com frente baixa e traseira elevada (Divulgação)

Kawasaki Z900 2020

A Kawasaki do Brasil apresenta a nova Z900 2020, renovada e atualizada no visual, seguindo o estilo Sugomi da família Z, e na eletrônica embarcada, para torná-la ainda mais empolgante, segura e confortável.

Kawasaki Z900
Nova Kawasaki Z900 2020: estilo Sugomi reforça DNA da família Z (Divulgação)

O motor de 4 cilindros em linha com 948 cm³ refrigeração líquida e o chassi em treliça compõem um conjunto muito equilibrado, com muita agilidade para a cidade e alta performance para a estrada.

Kawasaki Z900
Nova Kawasaki Z900 2020: nova carenagem frontal com faróis em LED (Divulgação)

As atualizações eletrônicas agregam modos de pilotagem e de potência, controle de tração KTRC e o sistema ABS KIBS, ambos com tecnologia da Kawasaki. O chassi foi reforçado na área de articulação da balança e as suspensões ajustáveis receberam um novo ajuste de acordo com o novo chassi.

A embreagem é assistida e deslizante e os novos pneus Dunlop Sportmax Roadsport 2 contribuem para melhor agilidade. A iluminação é total LED. O novo painel digital TFT colorido de 4,3” oferece recursos adicionais e conectividade com o smartphone.

Kawasaki Z900 2020: novo painel TFT mais completo (Divulgação)

A nova Kawasaki Z900 tem previsão de lançamento no mercado brasileiro para o final de 2020.

Kawasaki KX 250 2020

A Kawasaki KX 250 chega com um novo motor, com maior limite de rotações e um ganho de 3,3 cavalos de potência. O diâmetro do pistão aumentou e o curso diminuiu, permitindo o uso de válvulas maiores e um ganho extra no limite de rotações. Como na KX450, a KX250 possui atuadores de válvula do tipo finger-follower de titânio originalmente projetados por engenheiros da Kawasaki no mundial de Superbike contribuindo para o desempenho em altas rotações.

Kawasaki KX 250
Nova Kawasaki KX 250: renovada com o DNA das competições (Divulgação)

Nova caixa para o filtro de ar com funil de admissão cônico, novo corpo de borboletas de maior diâmetro e novo sistema de escapamento mais curto também melhoram o desempenho em altas rotações. As atualizações tem o objetivo de manter o histórico vitorioso da marca nas competições, já que a Kawasaki KX 250 é a moto da categoria 250cc 4 Tempos que mais títulos conquistou no AMA Supercross e Motocross, os mais tradicionais e competitivos campeonatos off-road do mundo.

Kawasaki KX 250
Kawasaki KX 250 2020: motor atualizado ganhou 3,3 cavalos de potência (Divulgação)

Na versão 2020, a KX 250 apresenta um novo chassi de alumínio, mais leve e equilibrado, novo garfo dianteiro invertido com 48 mm de diâmetro que oferece melhor desempenho na parte inicial do curso. O diâmetro maior dos tubos internos permite o uso de pistões de amortecimento também maiores, proporcionando maior progressividade e amortecimento firme.

A estrutura estreita e o corpo minimalista oferecem uma posição de pilotagem esbelta que facilita o controle da KX250. Complementada pelas posições ajustáveis do guidão e da pedaleira com o ERGO-FIT, a posição de pilotagem mais natural faz com que seja mais fácil ir mais rápido. A nova KX250 oferece quatro posições de ajuste do guidão Renthal: 25 mm à frente, 15 mm à frente, standard e 10 mm atrás. O design do tanque de combustível mais baixo e plano proporciona ao motociclista maior liberdade de movimento ao mudar de posição de pilotagem. As pedaleiras podem ser ajustadas 5 mm mais baixas.

Kawasaki KX 250: corpo esguio e DNA direto das corridas do AMA (Divulgação)

O disco de freio traseiro semi-flutuante maior e novo cilindro-mestre dianteiro elevam a performance de frenagem da KX250 a outro nível, com frenagens mais fortes e eficientes.

Na eletrônica chegam controle de largada e seleção de mapas na ECU. O sistema de controle de largada é projetado com as mesmas especificações do sistema utilizado pela equipe oficial da Kawasaki no AMA. Com o simples toque de um botão, os pilotos podem ativar um mapa diferente. O mapa do Modo de Controle de Largada retarda o tempo de ignição, permitindo que os pneus obtenham aderência em situações de baixa tração.
Os três mapas na ECU podem ser reprogramados escolhendo entre os modos standard, hard e soft.

O novo design minimalista da nova KX250 traz gráficos ao estilo da equipe de fábrica com acabamento verde nos ajustadores das suspensões e outros componentes, e aros de roda pretos. A nova Kawasaki KX250 2020 estará à venda nas concessionárias da marca a partir do próximo mês de dezembro na cor Lime Green e com preço sugerido de R$ 40.990.