Reino Unido adia proibição de novos carros com motor de combustão para 2035

51
Português
Español/Castellano
English
Automóveis a gasolina
Imagem de Mikes-Photography por Pixabay

Proibição de automóveis a gasolina

Automóveis a gasolina – A venda de todos os novos automóveis e vans movidos a gasolina e diesel deverá ser proibida no Reino Unido em 2035, na sequência de uma decisão do governo para adiar a medida que estava originalmente programada para entrar em vigor em 2030.

A mudança de política anunciada pelo Primeiro-Ministro Rishi Sunak alinha o Reino Unido com a União Europeia e muitos outros mercados globais, e significa que a partir de 2035 os únicos carros e vans novos que poderão ser vendidos serão os puramente elétricos, além de quaisquer carros movidos a hidrogenio, que poderá existir naquele momento.

Os carros usados não serão afetados pela proibição do ICE (motor de combustão interna) e poderão ser comprados e vendidos livremente, assim como agora. Isto significa que muitos automóveis mais antigos a gasolina e diesel, bem como híbridos convencionais e modelos plug-in, provavelmente estarão em circulação muito depois do prazo de 2035 para a venda de novos.

Embora o Reino Unido ainda não tenha publicado detalhes sobre como funcionará a proibição de 2035, é pouco provável que seja muito diferente do plano da União Europeia de proibir a venda de automóveis a gasolina e diesel a partir de 2035. Isso significa que é provável que vejamos isenções em vigor para fabricantes muito pequenos ou especializados. No entanto, embora a União Europeia pretenda fornecer isenções adicionais para automóveis com motor de combustão interna movidos exclusivamente por e-combustíveis, o governo do Reino Unido não fez até agora planos para oferecer isenções a e-combustíveis neste caso.