Mercado Brasileiro de Lubrificantes cresce 2,5% no primeiro semestre

791
Português
Español/Castellano
English

Mercado Brasileiro de Lubrificantes cresce

O Mercado Brasileiro de Lubrificantes fechou o primeiro semestre de 2023 com um volume de 723.622 m3, que significa um aumento de 2,5% em relação ao mesmo período do ano passado. As importações de óleos básicos estão ligeiramente superiores em 0,9% ao primeiro semestre de 2022, com um volume em torno de 313.550 m3.

Esse crescimento do mercado deveu-se principalmente aos lubrificantes para carros de passeio, ou seja, motores do ciclo Otto, que aumentaram em cerca de 6,3%, em relação ao 1º semestre do ano passado, enquanto os óleos para motores Diesel apresentaram uma queda em torno de 3,5%. Já o volume dos óleos industriais se manteve perto da estabilidade, com ligeira variação negativa.
A participação de mercado das empresas apresentou o seguinte quadro:

Mercado Brasileiro de Lubrificantes cresceO Brasil exportou 42,7 milhões de litros de lubrificantes acabados no primeiro semestre de 2023, recebendo o montante de US$ 105,9 milhões, tendo como principais destinos os países da América do Sul, notadamente, Argentina e Paraguai com mais da metade dos óleos exportados. As importações de óleos acabados tiveram um total de 19,5 milhões de litros e US$ 79,2 milhões, com produtos vindos prioritariamente de Estados Unidos, França e Alemanha.
As importações de óleos básicos somaram 314 mil metros cúbicos com um total de despesas de cerca de US$ 378,8 milhões, sendo o principal fornecedor os Estados Unidos com 70,6%, seguidos de Malásia, Coreia do Sul, Catar, Barein, Taiwan, Índia e vários outros em menor proporção.