Venda mundial de carros elétricos cresceu 43% em 2020

168

Venda mundial de carros elétricosVenda mundial de carros elétricos

A pandemia de covid-19 não impediu a expansão da indústria de carros elétricos. Dados obtidos pelo EV-volumes.com indicam que a indústria cresceu 43% em 2020, comparando com números do ano anterior.

De acordo com o relatório, foram 3,24 milhões de modelos totalmente elétricos ou híbridos estilo plug-in comercializados, com a Europa sendo a região que mais movimentou o mercado — uma tendência que deve ser mantida, especialmente graças a políticas de países como Noruega e Alemanha. A China vem logo atrás na segunda colocação, bem à frente de Estados Unidos e Japão.

A distribuição por mercados.A distribuição por mercados.Fonte:  EV-Volumes 

Tesla manteve a ótima fase: a montadora chefiada por Elon Musk é responsável por 62% da venda de todos os veículos plug-in e 79% dos modelos elétricos movidos exclusivamente por bateria dos Estados Unidos. A Volkswagen está logo atrás.

Os números são especialmente interessantes por dois motivos. O primeiro é o recorde mesmo com uma queda brusca entre março e junho de 2020 — período grave da onda inicial da pandemia em que medidas de lockdown estavam mais rígidas ao redor do mundo. Mais, a partir de setembro, as vendas dispararam.

A venda mensal de carros elétricos nos últimos três anos.A venda mensal de carros elétricos nos últimos três anos.Fonte:  EV-Volumes 

O segundo motivo é a boa fase apesar da queda nas vendas de automóveis no geral, indicando que fatores como preocupação com sustentabilidade ou simplesmente a maior aceitação do consumidor a veículos elétricos estão cada vez mais estabelecidos no setor.