Evonik Industries aposta em nanotecnologia

330

A Evonik Industries anunciou que adquiriu uma participação minoritária na Nanotech Industrial Solutions (NIS), colocando uma aposta de que a nanotecnologia se tornará uma ferramenta importante na caixa de ferramentas dos aditivos para lubrificantes.

As empresas não divulgaram o valor do investimento da Evonik ou o tamanho de sua participação na NIS, mas funcionários da Evonik disseram acreditar que a tecnologia da NIS pode ajudar a Evonik a fornecer aditivos que serão valiosos para os comerciantes de lubrificantes.

“A Evonik acredita que o investimento oferece a oportunidade de satisfazer requisitos de clientes ainda mais exigentes”, disse Ralf Dussel, diretor da linha de negócios de aditivos para óleos da Evonik. “Além disso, o acesso à tecnologia do NIS abre novas oportunidades de desenvolvimento para nossa linha de produtos, bem como novos produtos em nossos mercados atuais e futuros”.

Nanotecnologia

A nanotecnologia é um campo da Ciência que busca empregar ou manipular materiais em uma escala atômica ou molecular. Geralmente funciona com materiais que têm uma dimensão entre pelo menos 1 e 100 nanômetros. Um nanômetro é 0.000000001 metros ou um bilionésimo de um metro.

Os pesquisadores buscaram maneiras de usar nanomateriais em uma variedade de indústrias, desde semicondutores até engenharia de superfície e medicina.

nanotechA Nanotech tem sua base em Avenel, N.J., e foi fundada em 2012 para comercializar NanoLube, descrito pela NIS como esferas multicamadas e tubos de dissulfeto de tungstênio. A empresa diz que eles têm baixa toxicidade e propriedade de alta absorção de choque, que pode ser usada para produzir um super desempenho dos lubrificantes, revestimentos e compostos de polímero.

A NIS não divulga informações sobre volumes de vendas ou receitas. O Vice-Presidente de Vendas e Marketing Global Todd Cawley disse que a empresa tem distribuidores em mais de 25 países, a maioria dos quais foi contratada no ano passado.

Cawley disse que o financiamento da Evonik será investido em vendas, marketing e pesquisa.

“O anúncio marca um marco importante na jornada da NIS para levar a nanotecnologia de ponta para a indústria de lubrificantes”, disse o presidente e CEO da NIS, Eugene Kverel, em comunicado à imprensa. “Trabalhando juntos, nós e a Evonik podemos levar ao mercado produtos transformadores na indústria de aditivos lubrificantes e mais além.”

Evonik no negócio de aditivos

A Evonik é uma fornecedora de especialidades químicas com sede em Essen, na Alemanha, com 33.500 empregados e receita anual de 13,5 bilhões de Euros (US $ 14,4 bilhões). Sua linha de negócio de aditivos para óleos lubrificantes está entre os maiores fornecedores mundiais, num pequeno grupo, abaixo dos quatro maiores fornecedores de pacotes de aditivos – Lubrizol, Infineum, Afton Chemical e Chevron Oronite.

O negócio de aditivos para lubrificantes da Evonik, anteriormente denominada Roh-Max, foi construído em torno do fornecimento de modificadores de viscosidade à base de polimetacrilatos. Mas a administração declarou sua intenção de ampliar os tipos de aditivos lubrificantes que ela oferece.

Os fundos para a participação da Evonik vieram de seu braço de capital de risco, que recebeu 100 milhões de Euros para investir em “start-ups promissoras”. Funcionários disseram que consideram a NIS uma dessas.

“Ao investir nesta empresa, a Evonik ganha acesso a invenções em uma tecnologia exclusiva de partículas em lubrificantes”, disse Lutz Stoeber, diretor de atividades de capital de risco na América do Norte.