Total ampliará investimentos em geração de energia renovável

25
Energia renovável
Logo da francesa Total. REUTERS/Regis Duvignau

Energia renovável

PARIS (Reuters) – A francesa Total disse nesta quarta-feira que aumentará seus investimentos anuais em energia renovável e eletricidade em 50%, enquanto busca reduzir sua dependência do petróleo e se transformar em um grande produtor de energia de baixo carbono.

Diante de perspectivas negativas de longo prazo para a demanda por petróleo, a Total tem acelerado sua guinada para fontes alternativas de receita, com foco particular no fornecimento de eletricidade e na expansão de seus negócios de energia renovável.

A empresa francesa de petróleo e gás, que cortou alguns gastos enquanto luta com as consequências da pandemia de coronavírus, disse que aumentará os investimentos em energias renováveis e eletricidade de 2 bilhões de dólares para 3 bilhões de dólares por ano até 2030.

A empresa acrescentou em comunicado que as vendas de derivados de petróleo devem encolher em 30% nos próximos 10 anos, quando passariam a representar um terço da receita, enquanto 15% viriam de eletricidade, 50% de gás e outros 5% de biocombustíveis.

“Diversificar as atividades … aumenta a resiliência e compensa a volatilidade do preço do petróleo”, disse o presidente do conselho e presidente-executivo da empresa, Patrick Pouyanne, em uma apresentação via webcast para investidores na qual o grupo apresentou suas metas.

A Total disse na semana passada que pretende se tornar um dos cinco maiores produtores de energia renovável, um setor onde terá que alcançar empresas como a espanhola Iberdrola e competir com rivais do ramo de óleo e gás que também miram esses negócios como Shell e BP.