5G chega a São Paulo e Rio de Janeiro na semana que vem

57

Rede 5G da América LatinaRede 5G da América Latina

A primeira rede 5G da América Latina fará sua estreia no Brasil na semana que vem – e as cidades contempladas pela novidade serão São Paulo e Rio de Janeiro. Terça-feira (14), data prevista de ativação, alguns bairros poderão contar com o lançamento da Claro.

Inicialmente, Ipanema (RJ) e as regiões da Avenida Paulista e Jardins (SP) terão à sua disposição conexões 12 vezes mais velozes que a 4G convencional, segundo Paulo César Teixeira, presidente da unidade de consumo e empresas da operadora. Ele afirma que, em testes, foram registrados picos de até 400 megabytes por segundo. Considerando que a velocidade média da banda larga no Brasil é de 50 megabytes por segundo, é um passo e tanto.

Cobertura estará restrita a poucas regiões.Cobertura estará restrita a poucas regiões.Fonte:  Reprodução 

Entretanto, uma vez que a tecnologia utilizada ligará o 5G nas frequências já usadas para 4G, 3G e 2G, vantagens como a baixa latência não serão desfrutadas pelos usuários. Essa abordagem é a mesma de operadoras que quiseram antecipar a cobertura em países como EUA, Alemanha e Suíça – garantindo o adiantamento da solução e, também, a exclusividade da empresa por aqui, por enquanto. O executivo explica: “Algumas coisas ainda dificultam a expansão do 5G no Brasil. Daí a importância de evoluir a partir das redes já disponíveis.”

Espera-se que, até o fim de setembro, o 5G também chegue a Leblon e Lagoa, se expandindo por toda a orla, do Leme até a Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A aplicação em larga escala ainda depende do leilão das faixas de frequência a ser promovido pela Anatel – que foi adiado devido ao conflito da conexão com antenas parabólicas.