VW Brasil celebra marco histórico de quatro milhões de veículos exportados

45

Volkswagen do BrasilVolkswagen do Brasil

Responsável por 25% das exportações de automóveis e comerciais leves do setor automotivo brasileiro, a Volkswagen do Brasil acaba de ultrapassar a marca de 4 milhões de unidades exportadas desde fevereiro de 1970, com destino a 147 países. Atualmente, atende 18 mercados diferentes da América do Sul, Central e Caribe, com destaque para Colômbia, Chile, Peru e Uruguai, para onde são enviados os modelos T‑Cross, Polo, Virtus, Gol, Voyage, Saveiro, up! e Fox.

“Assim como toda a indústria automotiva, vivemos um momento desafiador com relação a exportações. Adotamos estratégias para conquistar novos mercados de exportação a partir do Brasil e iniciamos, este ano, o envio do Virtus e T‑Cross para o México e da Saveiro para o Peru. Nosso objetivo é ampliar ainda mais nossa presença em outros países em 2020, consolidando nosso perfil exportador”, enfatizou Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Gol, T‑Cross e Virtus foram os modelos mais exportados entre janeiro e novembro de 2019. Presente em nove mercados, além do Brasil, o Gol é o líder com mais de 30 mil unidades enviadas; seguido pelo Virtus, com 13,5 mil, que está presente em 10 países. Lançado em 2019, o T‑Cross já contabiliza resultados expressivos também no mercado externo, foram mais de 16 mil unidades para 10 países.

Historicamente o Gol é o modelo mais exportado da Volkswagen do Brasil superando a marca de 1,5 milhão de exemplares, seguido por Voyage com mais de 479 mil e pelo Fox, com mais de 471 mil.

As exportações da Volkswagen do Brasil começaram em fevereiro de 1970, quando 13 unidades dos modelos Kombi e Variant foram exportadas para o México e países da América do Sul. Em 1972, os volumes exportados já chegavam a 7.204 unidades. Este número expressivo fez a empresa perceber a grande oportunidade de tornar-se líder em exportação (automóveis e comerciais leves).

Um dos maiores contratos de exportação foi com o Iraque, para onde foram exportadas 170 mil unidades do Passat de 1983 a 1988. O ano de 2005 registra o ápice da exportação, com a abertura dos mercados da África e Oriente Médio, mais uma vez a Volkswagen do Brasil superou desafios levando produtos para países com diferentes exigências. Os produtos da Volkswagen do Brasil (automóveis e comerciais leves), já marcaram presença na Europa, África, Ásia e Américas.

VIACanal Dana
SOURCEDiário Indústria & Comércio