ALMA nasce com apoio da indústria asiática

102

almaA ALMA (Asian Lubricants Manufacturers Association), a nova Associação Asiática de Fabricantes de Lubrificantes, foi formalmente apresentada aos representantes da indústria de lubrificantes da Ásia-Pacífico por Vicky Villena-Denton, CEO da F & L Asia, durante a F + L Week 2017, em Cingapura. A organização representa a combinação de conhecimento e especialização dos fabricantes de lubrificantes em toda a região e pretende tornar-se a principal voz da indústria asiática de lubrificantes.

ALMA recebeu apoio da ILMA

Ron Powell, ex-presidente da Associação Americana de Produtores de Lubrificantes Independentes da América do Norte (ILMA), aprovou oficialmente a ALMA durante seu discurso, no jantar oferecido pelo evento. “Na ILMA apoiamos de todo o coração os esforços para tornar a ALMA uma realidade, e esperamos uma participação ativa nessa organização”, disse Powell.

Powell admitiu que algumas empresas podem estar ansiosas em se envolver com potenciais concorrentes nesse fórum, mas enfatizou que sua experiência com a ILMA ofereceu uma maravilhosa fonte de informações não competitivas, emanando um valor significativo para sua empresa. Powell diz que “as respostas para minhas questões, sejam regulatórias ou de formulação, vêm muito mais por meio de reuniões da ILMA do que de qualquer outra fonte”.

Ao longo dos últimos seis a sete anos, a ILMA criou uma parceria de colaboração com a União da Indústria Europeia de Lubrificantes (UEIL), que levou a um considerável fluxo de dados e informações sobre saúde, segurança e meio ambiente, poupando ambos os grupos de duplicidade de esforços. Powell diz que espera gerar o mesmo tipo de colaboração com a ALMA.

Trevor Russell, diretor executivo da Infineum, que recebeu o prêmio inaugural do F & L da Ásia-Pacífico, também apoiou a ALMA, sugerindo que a organização pode desempenhar um papel vital para manter a indústria conectada.

Esboçando planos para o avanço da ALMA, Villena-Denton disse que o objetivo é formar o comitê diretor inicial, definir a estrutura organizacional e estar em condições de aceitar adesões ainda este ano.