Shell abre o primeiro posto de hidrogênio

645

shell-uk-hydrogen-station-toyota-miraiA Shell abriu sua primeira estação de reabastecimento de hidrogênio no Reino Unido, localizada na rodovia orbital de Londres, a M25. A estação de Cobham Services, aberta em 2012, é a mais movimentada do Reino Unido e foi construída para os 150.000 veículos que viajam na M25 diariamente. O local recebeu mais de um milhão de visitas de clientes em 2016.

Esse feito segue na esteira de sucessos anteriores na Califórnia e na Alemanha, onde a Shell faz parte de uma joint venture com objetivos de abrir uma rede de até 400 postos de hidrogênio até 2023.

A Shell está avaliando o potencial de futuros projetos nos Estados Unidos, Canadá, Suíça, Áustria, França, Bélgica, Luxemburgo e Holanda.

“O hidrogênio tem potencial para se tornar um combustível de transporte mais limpo e versátil para o futuro, e o posto de hidrogênio de Cobham é uma das maneiras pelas quais a Shell está incentivando o uso de combustíveis alternativos, para contribuir para a transição energética. Isso proporcionará aos clientes com veículos elétricos de célula de combustível a capacidade de reabastecer de forma simples e rápida, em uma das maiores estações de serviço no Reino Unido”, disse Matthew Tipper, vice-presidente de Future Fuels da Shell.

“Acreditamos que a jornada para uma economia de baixo carbono requer uma abordagem coordenada e colaborativa entre organizações do setor de transporte, incluindo fornecedores de energia e de veículos de transporte, usuários de veículos, autoridades locais e governo. O posto Cobham é um pequeno mas significativo primeiro passo em direção ao desenvolvimento da infraestrutura necessária para o aumento do uso de veículos movidos a hidrogênio”, disse Sinead Lynch, presidente da Shell no Reino Unido.

Grupo Linde com tecnologia em hidrogênio

O grupo Linde anunciou seu envolvimento no lançamento do primeiro local de reabastecimento de hidrogênio da Shell, fornecendo as principais e inovadoras tecnologias de compressão e fornecimento do hidrogênio, sendo o sistema fornecido pela subsidiária britânica da Linde, BOC.

“A Linde e a BOC estão orgulhosas em fornecer o sistema de compressão e fornecimento para a primeira estação de reabastecimento de hidrogênio do Reino Unido, em um pátio da Shell”, disse Nick Power, gerente de desenvolvimento de mercado de combustíveis limpos da BOC. “Nas últimas décadas, temos desempenhado um papel pioneiro no desenvolvimento de tecnologias inovadoras relacionadas ao Hidrogênio. Nosso avançado compressor iônico empregado na Cobham Services trará benefícios significativos, em termos de maior eficiência energética, redução da poluição sonora e menos manutenção”.

As unidades de compressão são os componentes vitais de uma moderna estação de reabastecimento de hidrogênio, uma vez que o hidrogênio gasoso é comprimido a pressões extremamente elevadas de até 900 bar. O inovador design de compressor iônico da Linde substitui a maioria das funções de pistões metálicos convencionais por um líquido iônico (sais fundidos), eliminando o risco de o hidrogênio ser contaminado por lubrificante. Também reduz o desgaste, o consumo de energia e também o ruído da bomba. A Linde projetou compressores compactos que são ajustáveis e padronizados, tornando o sistema extremamente flexível para acomodar pequenos ou grandes reabastecimentos, dependendo da demanda local.