ATIEL publica nova edição do Código de Práticas

326

atiel-code-of-practiceA ATIEL, Associação Técnica da Indústria Europeia de Lubrificantes, lançou o número 20 do seu Código de Práticas, que fornece orientação para desenvolvedores e comercializadores de lubrificantes de motores projetados para atender às atuais especificações europeias de desempenho.

A Edição 20 incorpora novas diretrizes técnicas que a alinham com os mais recentes limites de desempenho de lubrificantes de motores estabelecidos pela Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (ACEA) em suas sequências de testes, lançadas em 1º de dezembro de 2016.

Além das atualizações técnicas, a Edição 20 do código também recebeu formato e estrutura mais claros e mais lógicos, projetados para torná-lo mais fácil de usar e fácil de seguir.

As atualizações das diretrizes técnicas e das tabelas de leitura na Edição 20 estão de acordo com as várias alterações fundamentais das especificações de desempenho introduzidas na ACEA 2016, incluindo a introdução de novos motores e testes de laboratório, a introdução da categoria C5 e a remoção da categoria A1/B1 e de princípios de correspondências anteriores para certos testes.

Novo código da ATIEL ajuda a indústria

Para auxiliar os desenvolvedores de lubrificantes a cumprir as novas exigências da ACEA 2016, a ATIEL fez algumas mudanças na estrutura da Edição 20, incluindo: ordenamento de seções refletindo melhor um programa típico de desenvolvimento de lubrificantes, definições mais claras de papéis e responsabilidades das partes envolvidas no desenvolvimento, novas secções para melhorar a clareza para efeitos de auditoria, uma reestruturação mais lógica dos apêndices com todas as tabelas cruzamento para BOI e VGRA agrupadas e exemplos adicionais.

Outras alterações significativas incluem um alinhamento mais próximo com o Código de Práticas ATC e a extração das diretrizes do Sistema Europeu de Gestão do Lubrificante de Motor (EELQMS), que agora é um documento independente.

O alinhamento com o ATC significa que todas as diretrizes relativas aos Modificadores de Viscosidade agora são encontradas exclusivamente dentro do Código de Práticas ATC.

A remoção da EELQMS é para esclarecer a sua posição como sistema de qualidade global para o desenvolvimento do lubrificante de motor atendendo aos requisitos da ACEA, com seu próprio site e documento de orientações. Tanto a ATIEL quanto os códigos ATC fornecem insumos técnicos essenciais para o EELQMS, juntamente com outros padrões e melhores práticas.

 A Edição 20 do Código de Práticas da ATIEL substitui a Edição 19, que permanece aplicável para reivindicações feitas para atender às sequências de testes da ACEA 2012, que são válidas até 1º de dezembro de 2018. Para ver o Código de Práticas Número 20, clique aqui