5 carros com pinturas inesquecíveis

813

5 carros com pinturas inesquecíveis: É conhecido o gosto das estrelas do mundo do espetáculo por carros potentes e luxuosos. Como não podia deixar de ser, a marca Rolls-Royce é uma das mais procuradas já que personaliza os modelos de acordo com os caprichos de cada cliente. Porém, todos os veículos da marca têm em comum a sobriedade, distinção e o status que a marca lhes confere. No entanto houve um que foi tudo menos sóbrio.

O Rolls-Royce Phantom V de John Lennon

John adquiriu o carro em 1965 e apesar de inúmeras adaptações que tinha solicitado o músico estava descontente com a pintura do seu automóvel. Encomendou então uma pintura psicadélica a um grupo de artistas holandeses, que encheu a carroçaria do Rolls de todo o tipo de desenhos e floreados multicolores pintados sobre um fundo amarelo. Lennon adorou a pintura e a brincadeira.

Porém não todos os ingleses gostaram e o Rolls-Royce foi atacado por uma senhora idosa por ele ser desrespeitoso para a Inglaterra. Atualmente o carro está em exibição no Royal BC Museum, em Victoria. O museu, que adquiriu o veículo como parte de sua coleção permanente, em 1987, diz que não consegue manter o carro em exposição durante todo o ano por causa da multidão e seu grande tamanho, por isso, é apresentado apenas por um curto período de inverno.

O MINI Cooper de George Harrison

Dá a impressão de que nenhum dos Beatles se contentava simplesmente com um carro com pinturas simples. George Harrison mandou pintar seu mini com cenas místicas da India tiradas do livro “Arte Tántrica”.

 

Porsche Psicodélico da Janis Joplin

Janis Joplin foi a dona deste 1964 Porsche 356 Cabriolet que ela comprou usado em 1968 e pintou com arte psicodélica própria dessa época. Este era o carro que ela tinha estacionado no hotel o dia do seu falecimento.

'Eye of God' design on the front of Janis Joplin's Porsche 356

All pictures: (c) RM Auctions

Not your average Porsche colour scheme, for sure

 

Ford Modelo T

Henry Ford afirmava “Você pode comprar qualquer cor de carro desde que seja preto!”. Porém, durante os seis primeiros anos de produção do modelo T ele era comercializado numa variada coleção de cores. Isto acabou quando Ford determinou que somente fossem vendidos na cor preta porque era a única que secava no tempo necessário para sua linha de montagem.

 

A série artística da BMW

As pinturas de carro mais caras foram possivelmente as da série artística da BMW. Desde 1975 foram pintados 17 carros por artistas famosos como: Andy Warhol, David Hockney and Roy Lichtenstein entre outros.