BASF cria metodologia para soluções sustentáveis

302

A BASF, empresa química mundial, realizou uma análise minuciosa de seu portfólio global sob a ótica da sustentabilidade. Para tanto, a empresa criou a metodologia Sustainable Solution Steering®, que verifica o ciclo de vida completo da aplicação de suas soluções, do início ao fim (incluindo obtenção de matérias-primas, produção, uso e descarte).

A partir da análise, a empresa dividiu o portfólio em quatro categorias – conforme o desempenho do produto naquela aplicação específica.

Entre os critérios da avaliação estão: a mitigação de emissão de gases, substituição por matérias-primas renováveis, consumo de água, eficiência de recursos, redução de emissões e economia de custo na produção para o cliente.

É importante lembrar que a análise realizada com o Sustainable Solution Steering® é adicional e que todas as soluções da BASF avaliadas já atendem aos requisitos legais e de Segurança, Saúde e Meio Ambiente para sua produção e comercialização.

Classificação da BASF em categorias de soluções

Foram analisadas mais de 60 mil soluções desenvolvidas pela companhia, o que equivale a 95% do portfólio, com o envolvimento de cerca de 2 mil profissionais. As soluções foram classificadas em quatro categorias.

Basf solultionsAccelerator (26,6% das vendas em 2015): solução com contribuição substancial para a sustentabilidade na cadeia de valor em pelo menos uma das áreas a seguir: economia de custos para o cliente, água; objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU; redução de emissões, mudanças climáticas e energia; renováveis e biodiversidade; eficiência de recursos; e saúde e segurança.

Performers (71% das vendas em 2015): solução que atenda aos padrões básicos de sustentabilidade nos mercados em que é comercializada.

Transitioners (2,2% das vendas em 2015): soluções com questionamentos de sustentabilidade identificados e para as quais planos de ações concretos foram definidos. Essas recomendações estão em processo de implementação e podem ser, por exemplo: retornar ao processo de P&D para melhoria, reformulação ou substituição.

Challenged (0,2% das vendas em 2015): uma solução que atende aos padrões legais para produção e comercialização local, mas com um ponto de atenção significativo para a sustentabilidade.  Para resolver a questão, um plano de ação foi desenvolvido e aprovado. Eles possuem duas alternativas: descontinuidade do produto ou retornar ao processo de P&D para melhoria. É importante ressaltar que, ainda assim, todos eles atendem aos padrões de qualidade e segurança da BASF e dos mercados em que são produzidos e comercializados.

Accelerators & números 2015 (globais)

A participação dos Accelerators (26,6% do portfólio) tem crescido a cada ano – nas vendas de 2014 foram 23%. Em 2015, globalmente, a BASF teve:

  • 17 mil soluções que geraram 16 bilhões de euros em vendas
  • 60% do montante investido em P&D foi destinado a pesquisas dos Accelerators

Até 2020, a BASF tem como meta alcançar o patamar de 28% de vendas advindas dos Accelerators.

Entrevista: Temos porta-vozes da BASF disponíveis para comentar os assuntos acima. Durante a conversa, eles podem dar exemplos de soluções, assim como detalhes do processo de análise e dos planos de ação.