Razão Beta: Importante na avaliação de filtros para lubrificantes

0
72

Marcos Thadeu Lobo

Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas (Unicamp) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional de Suporte Técnico em Produtos. E atualmente exerce a função de Consultor Técnico Sênior.

Os filtros para óleos lubrificantes podem ser avaliados de variadas formas sendo um dos métodos mais comuns o ENSAIO DA RAZÃO BETA. Este ensaio utiliza Contadores de Partículas posicionados online na entrada e na saída do filtro de óleo lubrificante, medindo a adição contínua de material particulado sólido utilizado como contaminante no reservatório do sistema principal de óleo lubrificante e o escoamento de óleo lubrificante através do filtro.

razão beta
Figuras 1/2 – É importante conhecer-se a Razão Beta dos filtros de óleo

Razão Beta

A Razão Beta é calculada dividindo-se o número de partículas sólidas maiores que determinada dimensão (mícrons) na entrada dos filtros para óleos lubrificantes pelo número de partículas sólidas de mesma dimensão em sua saída.

Exemplificando: um filtro para óleo  lubrificante  com Razão Beta sub 5 mícrons (partículas sólidas com dimensões superiores a 5 mícrons) = 10 significa:

10 partículas sólidas  > 5 mícrons na entrada do filtro
1 partícula sólida >  5 mícrons na saída do filtro

Em resumo:   10 partículas sólidas > 5 mícrons   entram no filtro;  1 partícula sólida > 5 mícrons atravessa o filtro

A Razão Beta pode ser utilizada, também,  para se calcular a Eficiência de Captura,  que é a avaliação do desempenho médio dos filtros para óleos lubrificantes ao longo de sua vida de serviço e calculada através da seguinte fórmula:

Figuras 3/4 - Razão Beta e Eficiência de Captura
Figuras 3/4 – Razão Beta e Eficiência de Captura

% Eficiência de Captura =  (Razão Beta – 1)/Razão Beta  x 100

Ex. Razão Beta sub 5 mícrons = 10

% Eficiência de Captura = (10 – 1)/10 x 100  = 90%

% Eficiência  de  Captura =90% quer dizer que 90% das partículas sólidas > 5 mícrons  são removidas por um filtro para óleo lubrificante com Razão Beta sub 5 mícrons = 10.

Quanto menores as dimensões  médias dos poros (porosidade ou micragem) da superfície do elemento filtrante e quanto maior a Razão Beta  para determinada dimensão de partícula sólida (maior a Eficiência de Captura para aquele filtro de óleo lubrificante) melhor será o Nível Geral de Limpeza do óleo lubrificante.

Figuras 5/6 - Quanto maior a Razão Beta do filtro e  menor a porosidade da superfície do elemento filtrante melhor será o Nível Geral de Limpeza do óleo
Figuras 5/6 – Quanto maior a Razão Beta do filtro e  menor a porosidade da superfície do elemento filtrante melhor será o Nível Geral de Limpeza do óleo

Ponto importante a considerar: a Razão Beta refere-se a uma dimensão particular de    material particulado sólido e os filtros tem  múltiplas Razões Beta sub x (partículas sólidas > x mícrons).

Ex.  haverá uma Razão Beta sub 2 mícrons; Razão Beta sub 5 mícrons; Razão Beta sub 10 mícrons; Razão Beta sub 50 mícrons; Razão Beta sub 100 mícrons e assim por diante.

Figuras 7/8- Indicação de Razão Beta em filtros de óleo lubrificante
Figuras 7/8- Indicação de Razão Beta em filtros de óleo lubrificante

 

Outros artigos do Autor

Razão Beta: Importante na avaliação de filtros para lubrificantes

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas (Unicamp) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional de Suporte...
Figuras 5/6 - É importante filtrar-se o solvente (nafta) antes da dispensa

Analisar rapidamente um resíduo de óleo pode fazer a diferença na manutenção

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...
Figura 15 - Treinar o staff de manutenção em técnicas de manutenção proativa

Como diagnosticar falhas em componentes mecânicos

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...

Três dicas básicas para a escolha da graxa correta

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas ( Unicamp ) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional...
Figura 1 - Principais falhas em elementos de máquina

Boa lubrificação de mancais aumenta eficiência de transportadores de minério

Marcos Thadeu Lobo Engenheiro Mecânico Graduado Pela Universidade Estadual De Campinas (Unicamp) em 1985. Ingressou na Petrobras Distribuidora S/A em 1986 como profissional de Suporte...