Honda retoma produção de carros; todas as fábricas no País voltaram a operar

Montadora comunica que as operações em Sumaré e Itirapina serão retomadas gradualmente

42

Honda retoma produçãoHonda retoma produção

A Honda anunciou na segunda-feira, 13, que retomou as atividades produtivas em suas fábricas localizadas em Sumaré e Itirapina, no interior de São Paulo. Eram as duas únicas plantas de veículos no País que ainda estavam paradas. Com isso, a partir de agora, todas as montadoras voltaram a produzir após paralisações forçadas pela pandemia de Covid-19, que duraram de apenas um mês (caso de fabricantes de máquinas agrícolas e caminhões) a até quatro meses, como aconteceu com a Honda, que até então havia se limitado a fabricar componentes de motores para atender ao mercado externo.

As linhas das unidades paulistas estão voltando a operar gradativamente, de acordo com a implantação dos protocolos de saúde e de segurança que estão sendo adotados pela Honda em todas as suas fábricas ao redor do mundo. Os procedimentos envolvem ações preventivas desde a saída do funcionário de sua casa até o trabalho, incluindo o percurso em ônibus fretado.

Medição de temperatura na entrada, horários diferenciados, reorganização dos espaços e limitação no número de pessoas são algumas das medidas adotadas, além de definição de distanciamento em locais como linhas de produção, salas de reunião e até no transporte fretado. Métodos mais rigorosos de higienização pessoal, limpeza e sanitização dos ambientes, além de uso de máscara em tempo integral, foram outros procedimentos que passaram a ser exigidos nas unidades.

Inaugurada em 2019, a fábrica de Itirapina vai concentrar a produção de todos os modelos nacionais da Honda a partir de 2021, enquanto a planta de Sumaré será convertida em centro de produção de motores e outros componentes, além de sediar o desenvolvimento de produtos e a gestão dos negócios do grupo. Atualmente, a Honda do Brasil soma cerca de 2 milhões de automóveis produzidos desde 1997.