Número de caminhões licenciados no ano é 40,65% maior que 2018

48

Caminhões licenciados 2019Caminhões licenciados 2019

As vendas de Caminhões, no acumulado de janeiro a setembro, mantiveram o ritmo de recuperação observado ao longo do ano. Ao todo, foram comercializadas 74.747 unidades, o que representa 40,65% acima do volume registrado no mesmo período de 2018.

Segundo Sérgio Zonta, Vice-Presidente da Fenabrave para o segmento de Caminhões, Ônibus e Implementos Rodoviários, além do agronegócio, outros aspectos estão começando a influenciar, positivamente, o mercado. “Para os modelos pesados e extrapesados, é o agronegócio que está puxando para cima, as vendas. Contudo, já começamos a observar uma retomada das atividades da indústria de papel e celulose e da construção civil. Além disso, temos o aumento de frotas próprias, de algumas empresas, e da renovação de frota das transportadoras”.

Em setembro

Em setembro, foram emplacados 9,3 mil caminhões, 38,76% de crescimento sobre igual mês do ano passado. Na comparação com agosto, a retração foi de quase 3%, por conta de menos dias úteis para emplacamento, em setembro.

As vendas de Implementos Rodoviários de janeiro a setembro seguiram o mesmo compasso de caminhões, somando 47.725 unidades. Portanto, mantendo mais de 50% acima das vendas de iguais meses de 2018. No mês de setembro, este mercado alcançou 5.215 unidades emplacadas, crescimento de 42,6% sobre o mesmo período do ano anterior. No entanto, queda de 9,15% ante agosto.

O segmento de Ônibus segue em alta no ano, quase 47% no acumulado dos nove primeiros meses. Assim, igualando o acumulado do ano passado, com 19.830 unidades emplacadas. Os emplacamentos de setembro alcançaram 2.323 unidades, aproximadamente, avanço de 20% sobre o mesmo mês de 2018. Entretanto, 14,25% abaixo do volume de agosto.

De acordo com Zonta, essa diferença tão grande aconteceu por conta da sazonalidade das compras. “Observamos uma antecipação de compras em agosto, acima da média histórica para o segmento”, disse Zonta.