Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi bate novo recorde

225

Com mais de 5,5 milhões de veículos comercializados no primeiro semestre, a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi obteve crescimento de 5,1% no comparativo com o mesmo período de 2017, registrando novo recorde mundial de vendas. O Brasil é o nono maior mercado da Renault e o sétimo no ranking da Nissan.

Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi bate novo recorde de vendas
Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi bate novo recorde de vendas

Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi

De acordo com o grupo, houve incremento da demanda tanto no segmento de crossovers, SUVs e picapes, como no de veículos elétricos e híbridos. “As vendas recordes da Aliança durante o primeiro semestre indicam que estamos no caminho certo para cumprir com os objetivos fixados pelo plano Alliance 2022”, comentou Carlos Ghosn, CEO da Renault-Nissan-Mitsubishi, ao divulgar o balanço na sexta-feira, 27.

Durante o primeiro semestre de 2018, a Aliança vendeu aproximadamente um a cada nove veículos comercializados em todo o mundo. No caso da Renault, as vendas totalizaram 2,1 milhões de unidades, com destaque para os modelos Clio, Captur e Scénic. Na Europa, a Renault mantém a posição de segunda marca mais vendida, sendo que o Captur ocupa a primeira posição em seu segmento.

Já a Nissan teve bom desempenho com os modelos Note, Serena, X-Trail e Qashqai, Suas vendas atingiram 2,8 milhões de veículos sob as marcas Nissan, Infiniti e Datsun. Na China, as vendas da Nissan aumentaram 10,8%.

A Mitsubishi Motors vendeu 616,6 mil veículos em todo o mundo. O resultado foi alavancado pela comercialização do novo Eclipse Cross em mais de 60 países e do Xpander (montado na Indonésia) nas Filipinas, desde abril.

Elétricos

Também foram positivos os resultados relativos aos veículos elétricos (VE) da Renault e da Nissan. Na Europa, a participação de mercado da marca francesa é de 21,9%, com destaque para o ZOE e o Kangoo Z.E., que totaliza 38% do mercado de veículos elétricos utilitários.

Na Nissan, as vendas do novo Leaf chegaram a 47 mil unidades, das quais 18 mil na Europa, onde ele se tornou o veículo do gênero campeão de vendas. A Mitsubishi Motors se mantém como líder no mercado de SUVs híbridos recarregáveis, graças ao modelo Outlander.

O plano estratégico de médio prazo Alliance 2022 prevê vendas anuais acima de 14 milhões de unidades até o fim de 2022, com expansão de 30% em relação às 10,6 milhões de unidades comercializadas pela Renault-Nissan-Mitsubishi em 2017.

O plano também tem o objetivo de aprofundar a convergência entre as empresas parceiras, com plataformas e motorizações compartilhadas, além do compartilhamento de inovações tecnológicas nas áreas de veículos elétricos, conectividade e condução autônoma. (AutoIndústria)