Mercado Brasileiro de Lubrificantes 2017

0
346

Mercado Brasileiro de Lubrificantes

Outubro de 2017

Para apresentar uma análise do mercado brasileiro de lubrificantes, utilizamos inicialmente os números apresentados abaixo, que estão de acordo com os dados informados pelos produtores e importadores ao Sistema de Movimentação de Produtos – SIMP, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP.

Você encontrará abaixo os seguintes conjuntos de dados:

1. Venda de produto acabado
2. Participação de mercado por companhia
3. Produção de óleo básico nas refinarias brasileiras
4. Produção de óleo Rerrefinado
5. Importação de óleos básicos

1. Venda de produto acabado

Consolidando os números apresentados pela ANP, até outubro de 2017, o mercado brasileiro de lubrificantes chega a outubro com um volume de vendas superior a 1.077 milhão de metros cúbicos. De acordo com especialistas, isso pode projetar um ligeiro crescimento, em torno de 1,5 a 2%, com relação ao ano passado.  Essa recuperação está ligada diretamente à recuperação econômica e ao movimento do PIB brasileiro.

De acordo com dados publicados pela ANP, o mês de outubro, com pouco mais de 114 milhões de litros, foi superior em 1,4% ao mês de setembro, e, embora não atingindo os mesmos níveis dos meses de julho e agosto, mostra uma boa resposta do mercado de lubrificantes à melhoria da atividade econômica do país.

Voltar ao início

2. Participação de mercado por companhia

A BR Distribuidora continua liderando o ranking das distribuidoras de lubrificantes no Brasil, com as seis maiores empresas do setor, que são filiadas ao Sindicom, detendo uma participação de 82,9% do mercado.

Voltar ao início

3. Produção de óleo básico nas refinarias brasileiras

A produção de óleos básicos nas refinarias do Brasil manteve o ritmo superando o mês de setembro por 3,5%, mas o total do ano continua ainda 3,9% abaixo do mesmo período do ano passado .

Voltar ao início

4. Produção de óleo Rerrefinado

A indústria do rerrefino produziu até outubro de 2017 um total de 205.334 m3, e também espera-se chegar ao final do ano com um leve crescimento, em torno dos 2,0%

 

Voltar ao início

5. Importação de óleos básicos

A importação de óleos básicos atingiu nos dez primeiros meses de 2017 o volume de 322 mil toneladas, equivalentes a 358 mil metros cúbicos. A queda no volume importado continuou em outubro, levando o total do ano a uma queda de 11% em relação ao mesmo período do ano passado. Entretanto, tradicionalmente, os dois últimos meses do ano têm mostrado uma alta considerável na importação de óleos básicos.

Voltar ao início