Carro elétrico ‘do povo’ custa o equivalente a R$ 14 mil em nova opção de venda

Wuling Mini EV é lançado na China com opção de serviço de assinatura de bateria, que o deixou ainda mais barato

261

Carro elétrico do povoCarro elétrico do povo

Carro elétrico do povo – O Mini EV é um carro elétrico urbano bastante acessível. Ele é produzido pela joint venture SGMW (SAIC-GM-Wuling) e se tornou um sucesso absoluto na China. Agora, o microcarro está sendo oferecido com uma nova modalidade de venda que o deixou ainda mais barato: um serviço de assinatura da bateria.

Mas como isso funciona?

Basicamente, essa assinatura é um empréstimo de valor fixo por 60 meses. Este programa está disponível para todas as cinco versões de acabamento do Mini EV, incluindo o modelo de entrada e versão a mais cara Gameboy 300km.

Em termos de preços, o Mini EV de entrada com a bateria incluída custa 32.800 RMB (R$ 23.200). Quanto ao carro sem bateria, o valor cai para 19.800 RMB (R$ 14.010). Após a compra, o cliente pagará uma quantia fixa de 198 RMB (R$ 140) durante 60 meses.

Curiosamente, depois de cinco anos utilizando o serviço de assinatura, dá pra economizar até 1.980 RMB (R$ 1.480). Na versão mais cara Gameboy, é possível comprá-lo sem bateria por 33.800 RMB (R$ 23.920) com um pagamento mensal de 558 RMB (R$ 394).

Em resumo, o Mini EV é um micro carro elétrico com proposta urbana que foi lançado em 2021 na China. Produzido pela joint venture SGMW (SAIC-GM-Wuling), o modelo mede apenas 2,92 metros de comprimento e tem 1,94 metro de distância entre-eixos, que o torna extremamente prático durante as manobras, também graças ao diâmetro de giro de apenas 4,2 metros e as rodas de 12 polegadas.

Galeria: Wuling Mini EV GameBoy Edition

São duas opções de motorização, sempre com um motor elétrico dianteiro, que pode ser de 27 cv e 8,6 kgfm ou 41 cv e 11,2 kgfm de torque na versão Gameboy. O microcarro elétrico é oferecido com quatro opções de baterias: LFP de 9,3 kWh e 120 km de autonomia NEDC; NMC de 9 kWh e 120 km de autonomia; LFP de 13,9 kWh e 170 km de autonomia; NMC de 13,8 kWh e 170 km de autonomia. Sua faixa de preço regular é de cerca de 32.800 – 52.800 (R$ 23.2000 – R$ 37.300).

Destaque para a versão Gameboy, que tem estilo mais agressivo e dimensões ligeiramente maiores em relação às versões padrão: suas dimensões são 3.061/1.520/1.659 mm, com uma distância entre eixos de 2.010 mm.

Ele também conta com o motor elétrico mais potente de 41 cv e 110 Nm e também é equipado com baterias maiores: LFP para 17,3 kWh e 200 km de autonomia CLTC; LFP para 26,5 kWh e 300 km de autonomia. Sua faixa de preço é de 55.800 – 72.800 RMB (R$ 39.400 – R$ 51.500).

Mesmo com a chegada de novos concorrentes, o Mini EV ainda é um dos carros elétricos mais vendidos na China. No entanto, os recordes de vendas ficaram no passado e o lançamento desta nova opção de assinatura de bateria tem como objetivo resgatar as vendas do modelo urbano.

Esta nova opção mostra como o mercado de carros elétricos na China está se diversificando e oferecendo opções cada vez mais acessíveis. Será que um dia teremos algo ao menos próximo desse nível de preços e variedade nos mercados ocidentais, incluindo o Brasil? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.