Toyota entra em nova fase e anuncia 10 novos carros elétricos até 2026

Conhecida pelos híbridos, montadora japonesa acelera modelos EVs e quer vender 1,5 milhão de unidades por ano

897

Toyota apresentará 10 veículos elétricosToyota apresentará 10 veículos elétricos

Toyota apresentará 10 veículos elétricos – Desde 1º de abril Koji Sato é o CEO da Toyota. Seu grande desafio será levar a Toyota, a maior montadora de automóveis do mundo, a adotar uma nova estratégia para os carros elétricos. Bastante reconhecida pela popularização dos híbridos, a empresa japonesa precisa acelerar seus rumos para não perder mercado em uma nova realidade.

Para isso, a Toyota apresentará 10 novos veículos elétricos até 2026. Hoje, incluindo a Lexus, são apenas 3 modelos neste catálogo, com vendas de apenas 25 mil unidades ao redor do mundo. Com esses novos modelos, a meta da Toyota será vender 1,5 milhão de unidades por ano, um grande salto para uma marca que, neste ponto, já foi ultrapassada por diversos concorrentes, inclusive a Tesla.

Toyota – novo plano estratégico para carros elétricos

É esta montadora norte-americana que mais preocupa a Toyota. A empresa japonesa acabou focando bastante nos eletrificados de outros tipos, como híbridos e com o uso de hidrogênio, mas diversas outras montadoras investiram pesado nos 100% elétricos e, principalmente com mudanças na Europa, estão com uma certa vantagem. A própria Tesla registra um lucro bem maior por unidade que a Toyota.

Por outro lado, a Toyota não abrirá mão dos modelos híbridos, acreditando que eles ainda são uma opção para alguns mercados e clientes. Ao mesmo tempo, a empresa terá um divisão dedicada ao desenvolvimento desses novos modelos 100% elétricos, uma forma de acelerar – chegaram a se falar sobre uma nova plataforma dedicada, o que não foi revelado pelo novo CEO.

O diretor de tecnologia da empresa, Hiroki Nakajima, disse que a próxima geração de veículos elétricos a bateria (BEV) deve ser “muito diferente” da atual.

“Esta nova geração de BEVs dobrará o alcance usando baterias com muito mais eficiência, oferecendo designs e desempenho de condução que fazem os corações baterem mais rápido”, diz o executivo.

Uma espécie de força-tarefa irá cuidar do tema da eletromobilidade dentro da empresa. Essa equipe cuidará de todas as áreas, desde o desenvolvimento até a produção e as operações de negócios.

Na produção, o novo CEO da Toyota quer reduzir o número de processos pela metade, o que deve levar a linhas de produção mais eficientes. Além disso, a montadora quer trabalhar com seus fornecedores para produzir peças de maior qualidade a preços mais baixos.

Mas a Toyota irá atuar em várias frentes, pois enquanto acelera os lançamentos de elétricos, os híbridos ainda continuarão cumprindo seu papel em mercados onde a eletrificação estiver mais lenta. Além disso, a montadora tem falado bastante em avançar com o desenvolvimento do hidrogênio, inclusive, com parcerias aqui no Brasil para aumentar a produção de hidrogênio verde a partir do etanol, que poderia ser usado para abastecer veículos.