Óleos sem a certificação API mas com marca no rótulo serão punidos

857

certificação apiO Instituto Americano de Petróleo está publicando informações sobre óleos não autorizados exibindo marcas de certificação API para óleo de motor, em uma nova página da web, como parte de um esforço contínuo para encarar os falsificadores.

“O API tem preocupações sobre os óleos no mercado que estão usando as marcas API de óleo de motor sem aprovação, e acredita que uma abordagem mais agressiva agora é necessária para encarar esses óleos”, disse Kevin Ferrick, diretor de Programas de Produtos da API.

Coletores vão adquirir óleos com certificação API para testes

O instituto trabalha com um fornecedor que envia coletores para adquirir amostras de óleos licenciados pelo API para testes. Os óleos são comprados no mercado e testados para estabelecer suas propriedades físicas, químicas e de desempenho. Os resultados dos testes são comparados com as formulações registradas para garantir que os resultados sejam consistentes com os registros do API e atendam aos requisitos do programa.

Durante o processo de coleta, o instituto também testa óleos não licenciados que afirmam atender a um padrão API. “Se encontrarmos problemas com qualquer óleo testado, notificaremos os comerciantes de óleo sobre os resultados”, disse Ferrick. “Problemas de não conformidade não resolvidos estão sujeitos a ações adicionais de fiscalização. As ações podem incluir o término da licença para exibir as marcas do API e a remoção do produto não-conforme do mercado ”, continuou ele.

Óleos que não possuem a certificação API e forem encontrados no mercado serão publicados em uma nova página da Internet que apresenta detalhes sobre o comerciante, a marca, a viscosidade e a região em que o produto é vendido, bem como uma foto das etiquetas frontal e traseira. Atualmente, o site tem seis óleos listados, todos do comerciante Questron Packaging, LLC.

“O API fará todos os esforços para contatar os falsificadores e exigir que os produtos sejam retirados do mercado”, disse Ferrick ao Lube Report em uma entrevista.

API coleta amostras para testes em vários países

Neste momento, os únicos produtos da lista estão sendo vendidos nos Estados Unidos, mas Ferrick observou que o API coleta amostras globalmente e, se os coletores de amostras “encontrarem um óleo de fora dos EUA que o API determinar que é falsificado, ele entra na lista”.

Essa lista funciona em conjunto com os esforços previamente estabelecidos do API para combater usuários não autorizados a utilizar a certificação API. “Nós temos listado e continuaremos a listar óleos de motor cuja licença foi cancelada por justa causa, devido à inação no relato de não-conformidades. Esta lista pode ser encontrada no Diretório de Licenciados de Óleo de Motor ”, observou Ferrick.