Royal Enfield anuncia nova estrutura na América

83

Royal EnfieldRoyal Enfield

A Royal Enfield estabeleceu uma nova estrutura para os mercados norte e latino-americanos com objetivo de impulsionar seu crescimento no Brasil e nos Estados Unidos, além de incrementar as vendas em outras operações internacionais.

Com isso, Rod Copes, que está à frente da subsidiária norte-americana da marca desde 2014, assumiu a gestão de todo o continente. Arun Gopal, anteriormente responsável pela região, continua atuando como diretor de negócios internacionais, agora também respondendo pelo território europeu.

Rod Copes (Divulgação)

Com mais de duas décadas de experiência no segmento de duas rodas, Copes destaca que a marca de motocicletas mais antiga do mundo em produção contínua está em um processo de internacionalização, e que a nova estrutura vem para aumentar as vendas globais da Royal Enfield, além de garantir sua estabilidade nos mercados internacionais.

“Hoje estamos em mais de 50 países, todos de extrema importância para nossa estratégia de expansão, que visa a liderança mundial no segmento de motocicletas de médio porte”, comenta o novo presidente da marca na América.

Interceptor, um dos modelos que chega ao Brasil em 2020 (Divulgação)

Na Royal Enfield Americas estão as subsidiárias da marca no Brasil e nos Estados Unidos, além de outros importantes mercados, como Colômbia, México e a recém-inaugurada expansão na Argentina. No final do ano fiscal 2018/19, chegou a produzir mais de 800 mil motocicletas.

Diretor geral da Royal Enfield Brasil, Claudio Giusti afirma que a subsidiária local tem sido uma das grandes apostas da marca nos últimos anos, e acredita que esse prestígio deve aumentar com a nova diretoria.

“Estamos abrindo concessionárias em novas praças e estudando a possibilidade de iniciar, futuramente, uma operação CKD local. Temos e sempre tivemos um respaldo muito grande da liderança, e acredito que isso deve aumentar sob a gestão do Rod”, afirma o executivo.

A marca também deve trazer ao país Interceptor 650 e Continental GT 650, modelos da linha das ‘Twins’, conhecidas por seus motores de dois cilindros, cujo lançamento por aqui está previsto para o início de 2020.

Continental GT 650, a outra das Twins que chega ao Brasil em 2020 (Divulgação)