Fed debateu corte de juros maior e desejo de evitar parecer em rota de mais reduções

17
Fed debateu corte de juros
Prédio do Federal Reserve em Washington
19/03/2019
REUTERS/Leah Millis

Fed debateu corte de juros

WASHINGTON (Reuters) – O Federal Reserve – Fed debateu corte de juros de forma mais agressiva em sua última reunião de política monetária, embora os membros do banco central tenham permanecido unidos no desejo de evitar parecerem estar em uma trajetória de mais cortes de juros, mostrou a ata da reunião.

O Fed cortou a taxa de juros em 0,25 ponto percentual ao final de sua reunião de 30 e 31 de julho, com a ata divulgada nesta quarta-feira mostrando uma ampla preocupação entre as autoridades sobre a desaceleração da economia global, tensões comercias e inflação fraca.

Outras autoridades

“Algumas das autoridades indicaram que teriam preferido um corte de 0,50 ponto”, de acordo com a ata, que apontou que as autoridades que apoiavam o movimento estavam preocupadas com a inflação em níveis muito baixos.

Ao mesmo tempo, as autoridades concordaram que não podiam dar a impressão de que estavam planejando mais cortes de juros.

“Os participantes no geral foram a favor de uma abordagem na qual a política monetária será guiada pelas informações recebidas … e que evitasse qualquer sinal de que seguir um curso predefinido”, de acordo com a ata.

Compras de títulos

A reunião também contou com a discussão sobre a pesquisa do Fed de possíveis mudanças em sua abordagem para estabelecer a política monetária. Uma série de autoridades disse que o Fed poderia ter sido mais agressivo ao usar a compra de títulos para combater a recessão de 2007-09.

No entanto, autoridades também disseram que ferramentas como as compras de títulos e promessas sobre o futuro da política monetária podem não ser suficientes para eliminar o risco de a política ser prejudicada no futuro quando a taxa básica de juros se aproximar de zero.