Novos câmbios da ZF aumentam autonomia e desempenho em carros eletrificados

Nova transmissão automática de 8 marchas inova ao integrar motor elétrico

51

Novos câmbios da ZFNovos câmbios da ZF

Uma transformação está acontecendo na indústria automotiva. Saindo da era dos carrões com motores V8, o objetivo dos carros do futuro é eficiência. O caminho para esse objetivo será diferente em cada região, o que impacta diretamente no que estará debaixo do capô num curto espaço de tempo. A convite da ZF, uma das principais fornecedoras de sistemas e componentes para a indústria automotiva, fomos até a Alemanha conhecer em Avant-Première algumas das novidades que estarão nas ruas muito em breve.

Componentes da ZF
Componentes da ZF

Como fornecedora de soluções, a ZF foca o seu desenvolvimento para atender a demanda de mercado. Nos dias atuais, mais do que trabalhar em componentes tradicionais, a empresa já possui produtos para atender a eletrificação, redução de CO2, tecnologias integradas além de pensar na flexibilidade de produção.

Nova geração da transmissão automática de 8 marchas

O primeiro produto que conhecemos foi a nova geração do câmbio automático de 8 marchas, que além da versão convencional, também terá opção com um motor elétrico integrado para equipar veículos híbridos leves e também os do tipo plug-in.

Diferente das transmissões híbridas convencionais, que substituem o conversor de torque por um motor elétrico instalado em separado, a ZF inovou e desenvolveu uma solução inteligente integra o unidade elétrica direto na carcaça do câmbio. Isso, além de não necessitar de espaço adicional, elimina cabos e outros componentes adicionais.

O motor elétrico integrado tem potência de pico que chega a 160 kW, o equivalente a 217 cavalos de potência. O torque máximo – apenas do motor elétrico integrado – é de 450 Nm, ou quase 46 kgfm. A versão mais parruda entregará autonomia entre 80 e 100 quilômetros na condução puramente elétrica. BMW e FCA já escolheram a ZF como fornecedora com esta solução e equiparão seus modelos a partir de 2022.

Primeiro motor elétrico de duas marchas

Ainda no área de elétricos, a ZF lançou o primeiro motor elétrico do mundo equipado com duas marchas. O novo sistema de tração consome menos energia, o que consequentemente, leva a um aumento de 5% na autonomia em comparação com uma unidade de apenas uma marcha.

Na pista de teste, fizemos o test-drive em um veículo equipado com o novo motor. Até então eu só havia dirigido carros elétricos em que se aciona a marcha única e pronto: torque total disponível, sem variação. No novo motor da ZF, passamos a ter uma sensação mais próxima a do que conhecemos nos carros convencionais, com o mesmo feeling da mudança, ainda que com apenas duas marchas.

Carro elétrico com 2 marchas

Nele, a troca de marcha ocorre a uma velocidade de 70 km/h. Isso permitiu à ZF escalonar melhor a entrega de força. Isso resulta, além da economia no consumo de energia, na ampliação da faixa de desempenho do carro em até 20%, possibilitando atingir velocidade máxima de pelo menos 215 km/h.

Com mais desempenho, as montadoras podem optar por oferecer uma autonomia maior ao manter a mesma capacidade da bateria que já utiliza, ou encontrar uma nova configuração com autonomia adequada utilizando baterias menores.

O novo motor elétrico com duas marchas já está disponível no mercado e o primeiro modelo a contar com a solução é o SUV de luxo da Mercedes-Benz, o novo EQC.

Por Fábio Trindade, de Dresden, Alemanha
Viagem a convite da ZF