Elon Musk anuncia Neuralink, sensores cerebrais para controlar dispositivos

47

NeuralinkNeuralink

Elon Musk é famoso por trazer o “futurismo” para o presente. Ao lado de carros autônomos e foguetes reutilizáveis, mais um negócio comandado pelo empresário pretende mudar paradigmas: o Neuralink quer permitir que a tecnologia seja controlada pelo pensamento. Musk apresentou nesta semana fios de eletrodos que podem ser implantados dentro do cérebro e se conectarem com computadores.

A inovação visa facilitar a rotina de quem tem algum tipo de paralisia, teve membros superiores amputados ou que, por algum motivo, não consiga acessar a tecnologia do modo convencional. Implantes cerebrais não são exatamente uma novidade, mas o jeito como são feitos hoje não permite que sejam usados em larga escala para melhorar a vida das pessoas.

Neuralink pretende melhorar os problemas dos métodos anteriores para poder ser testado em pessoas já no próximo ano. Veja Elon Musk anunciando a novidade:

Como funciona

Os eletrodos do Neuralink são mais finos que um fio de cabelo, sendo quase invisíveis a olho nu. Ao contrário do método tradicional de fazer furos no crânio para inseri-los, os eletrodos são implantados por um robô cirúrgico que usa laser para criar pequenos orifícios de 2 mm.

imagem(Fonte: Neuralink/ Reprodução)

Os fios se conectam com um dispositivo localizado atrás da orelha que se comunica por bluetooth. O primeiro chip da empresa, o N1, será testado em humanos no próximo ano.

Fontes