quarta-feira, junho 26, 2019
Home Indústria Polo automotivo Jeep vai gerar 1.900 novos empregos

Polo automotivo Jeep vai gerar 1.900 novos empregos

77

Polo automotivo de Goiana

“Desde janeiro estamos negociando individualmente com os empresários e, desta vez em grupo, para apresentar aos investidores as vantagens de integrarem o polo automotivo de Goiana”, afirmou Bruno Schwambach. O governo de Pernambuco publicou esta semana no Diário Oficial do Estado, dois decretos que beneficiam diretamente a cadeia automotiva. O primeiro deles trata da redução da antecipação tributária que era cobrada a sistemistas que não desenvolvem atividade industrial, mas são fornecedores da FCA. Em vez de recolherem a diferença de alíquota de 11% na entrada interestadual, recolherão 1%. Outra medida foi conceder o chamado diferimento do ICMS na subcontratação do serviço de frete, o que evita a bitributação. “Quando a empresa sai com os veículos produzidos em Pernambuco, ela tem a possibilidade de fazer, no meio do caminho, o trabalho com a terceirizada sem acréscimo de ICMS”, explica o presidente da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima.

JEEP

Pernambuco já reúne 6% dos fornecedores da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) no Brasil. Luis Santamaria diz que existem atualmente 16 empresas fornecedores de componentes para a linha de produção da FCA/Jeep, instaladas aqui. A meta é dobrar esse número nos próximos dois ou três anos. “Queremos expandir rapidamente. A expectativa é chegar a 25/30 fornecedores e até 12% de participação”, projetou Santamaria. “A ideia é trazer fabricantes de peças de alto valor agregado que reduzam os custos da fábrica com logística”, definiu o diretor de compras da FCA. Dentro de dois meses deve ocorrer outro Match Day, dessa vez em Pernambuco, quando serão apresentadas a potenciais investidores a configuração do Porto de Suape e a estrutura local da fábrica da FCA/Jeep, em Goiana.