Nova Harley-Davidson 338 cc surpreende mercado

216
Nova Harley-Davidson 338
Nova Harley-Davidson 338

Nova Harley-Davidson 338

A histórica fabricante americana anunciou nesta semana a sua moto de menor cilindrada no mundo, a nova Harley-Davidson 338 cc, com previsão de chegada ao mercado para o final de 2020.

Esse lançamento faz parte da estratégia “More Roads for Harley-Davidson” (Mais Caminhos para Harley-Davidson, na tradução livre) anunciada em julho do ano passado e que promete encher o mercado de novidades da marca até 2022.

O modelo é fruto de uma parceria entre Harley-Davidson e Qianjiang Motorcycle Company, conhecida fabricante chinesa, e será lançado primeiramente na China, mas em breve desembarcará em outros mercados asiáticos.

 

Nova Harley-Davidson 338 cc

Ao anunciar o plano “More Roads”, a Harley informou que estaria negociando o desenvolvimento de um parceiro na Ásia. O mercado internacional especulou então que deveria ser alguma fábrica na Índia, onde outras grandes marcas (BMW, KTM…) fecharam acordos (com Bajaj, TVS…).

Porém, contrariando até mesmo o atual presidente dos EUA, Donald Trump, a Harley-Davidson assinou um acordo com a chinesa Qianjiang. A justificativa é que a marca possui larga experiência no desenvolvimento e distribuição de modelos Premium de baixa cilindrada.

E de fato podemos afirmar que isso é verdade. Por exemplo, a Qianjiang é a atual proprietária da fabricante Benelli, conhecida marca Premium que até já esteve presente no Brasil. Isso também nos mostra os detalhes de como será a nova naked/roadster da Harley.

harley-davidson-338-00

Sem divulgar detalhes técnicos e especificações, apenas que seu motor será de 338cc, com a imagem do conceito apresentado podemos identificar que ela deverá usar a Benelli TNT 300 como base.

Isso pode ser percebido pela estrutura do chassi de treliça, as suspensões (invertida na dianteira e monoamortecida na traseira), o braço oscilante, o escapamento (que muda apenas a ponteira) e, claro, pelo motor, praticamente o mesmo, veja na comparação abaixo:

harley-davidson-338-benelli-tnt-300

Aliás, se a nova Harley-Davidson 338 cc usar o mesmo motor da TNT 300 como base nós podemos esperar um bicilíndrico em linha, DOHC, com refrigeração líquida que poderá chegar além dos mais de 38 cavalos que já são oferecidos atualmente na naked da Benelli.

O novo modelo e seu motor serão fabricados em uma fábrica da Qianjiang na China e a Harley-Davidson diz que ele “incorporará design, ronco e pilotagem distintos que estimularão conexões poderosas com os pilotos”.

Se a nova Harley-Davidson 338 realmente trouxer diversos de seus componentes da Benelli TNT 300, o que achamos que vai acontecer por conta de sua data de lançamento estar marcada para o final de 2020, então boa parte do desenvolvimento já está pronto.

Harley-Davidson-Diretor

Harley-Davidson virou chinesa?

Em 2018, quando a Harley-Davidson estava planejando transferir parte de sua produção para a Europa e exterior como estratégia de longo prazo para lidar com as baixas vendas e altos impostos nos EUA, o presidente Donald Trump ameaçou impor impostos ainda mais altos para a fabricante.

Essa parceria de produção entre a Harley-Davidson e a Qianjiang não indica que a tradicional fabricante americana “virou chinesa”.

Na verdade, essa é parte de uma estratégia que prevê abocanhar uma fatia do mercado de motos da China, reduzir custos operacionais, além de prosseguir com o plano da H-D de ter metade de todas as suas vendas vindas de fora dos EUA até 2027.

harley-davidson-338-02

Nova Harley-Davidson 338 vem para ser primeira moto

A nova Harley-Davidson 338, nome que até faz uma brincadeira com a famosa Harley 883, vem para se tornar uma das menores motos da fabricante em seus 116 anos de história. Com isso, a ideia é que ela se torne a primeira Harley dos futuros clientes e fãs da marca.

Esse tipo de estratégia, o de lançar motos de baixa cilindrada com o nome da marca em parceria com fabricantes experientes nesse segmento, vem se tornando cada vez mais comum, visto que é muito mais difícil vender motos maiores para jovens pilotos.

O que nos resta saber é quanto custará essa novidade. Bom, a Harley hesitou em informar alguma faixa de preço a H-D 338, já a Qianjiang divulgou que a novidade seria “acessível”.

harley-davidson-338-03