Carro brasileiro é 44% mais caro de produzir que mexicano

PwC mostra a falta de competitividade do Brasil contra o México na indústria automotiva

125

Indústria automotiva brasileiraIndústria automotiva brasileira

Desde que a nova diretoria da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) assumiu, ela tomou uma posição mais proativa para mudar a forma como o governo trata a indústria automotiva brasileira. Não faltam críticas sobre a quantidade de impostos que incidem sobre os carros e a burocracia. Para comprovar o que diz, a entidade encomendou uma pesquisa feita pela PwC Brasil, que revela que a diferença final de custo pode chegar a 44% dependendo do tipo de veículo.

A Anfavea argumenta que o México é um país com um mercado muito mais aberto do que o Brasil, e que fez acordos para isso. A indústria automotiva mexicana exporta 88% de sua manufatura, muito acima dos 22% da produção nacional. Como consequência, o México movimentou US$ 143 bilhões em 2017, enquanto o Brasil moveu apenas US$ 26 bilhões.

Anfavea - Desempenho da Indústria Brasileira Maio/2019

Para mostrar como é difícil trabalhar com a burocracia brasileira, a PwC ainda mostrou como é o fluxo de importação de airbags. Importar as bolsas infláveis leva entre 42 a 50 dias, sem atraso. Após gerar os documentos e fazer os pagamentos necessários, anda é preciso esperar até 30 dias para deferimento. A pesquisa mostra que o Brasil gasta 2.507 homens/hora por ano em recursos humanos para calcular impostos.

Anfavea - Desempenho da Indústria Brasileira Maio/2019

“Os resultados apresentados neste levantamento indicam a necessidade extrema de atacarmos pontos que reduzam o Custo Brasil e melhorem a nossa competitividade. Medidas que estimulem o comércio exterior, melhorem a logística de distribuição e reduzam a carga tributária são urgentes para conferir uma nova dinâmica para os negócios brasileiros em diversos segmentos da economia, não somente o automotivo”, afirma Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea.

Imagens: divulgação