Volkswagen estuda adquirir controle da JAC Motors

Empresa está analisando possibilidade de adquirir mais de 40% das ações da marca chinesa

77

JAC MotorsJAC Motors

O mercado chinês está animado com as notícias de que o Grupo Volkswagen está explorando a ideia de comprar uma grande quantidade de ações da JAC Motors, de forma a assumir controle operacional da marca. De acordo com a agência Reuters, a empresa entrou em contato com o banco Goldman Sachs para criar um plano de compra.

Essa mudança nas regras fez a Volkswagen considerar a ideia de comprar ações da JAC Motors, sua parceria para veículos elétricos no país. Fontes consultadas pela Reuters dizem que o estudo está em um estágio inicial, mas que a ideia é ir atrás dos maiores acionistas da JAC, que possuem mais de 40% das ações da marca. O governo chinês, através da Anhui Jianghuai Automobile Group Holding, controla 24% das ações.

JAC iEV40

Em nota, a Volkswagen disse à Reuters que “está observando cuidadosamente quais as implicações em nosso negócio e em nossos parceiros em joint-ventures. Desta forma, iremos explorar com os acionistas todas as opções possíveis para garantir um sucesso de longo prazo na China.” Caso o negócio seja concluído, a VW pode passar a responsabilidade de produzir seus novos carros elétricos na China para a JAC.

A revelação dos planos da Volkswagen fez com que as ações da JAC subissem para o limite diário de 10% na última quarta-feira. Isso não é bom para empresa alemã, já que ela terá que pagar o valor de mercado, pois o governo local impede que acionistas vendam suas partes por menos do que o preço na bolsa. A VW já possui 50% de participação, enquanto os outros 50% foram para a JAC (e divididos entre os acionistas da marca).

Outras fabricantes estão seguindo o mesmo caminho. A BMW irá adquirir 75% de participação na joint-venture com a Brilliance, pagando 3,6 bilhões de euros. A Daimler também tem planos de comprar mais ações da BAIC Motor.

Fonte: Reuters