Vendas de implementos saltam 45% no 1º trimestre

De janeiro a março, fabricantes emplacam 25,5 mil unidades; há um ano, volume era de 17,5 mil

53

Vendas de implementos rodoviáriosVendas de implementos rodoviários

As vendas de implementos rodoviários saltaram 45% no primeiro trimestre contra igual período do ano passado ao atingir os 25,5 mil emplacamentos no período, segundo dados divulgados na segunda-feira, 8, pela Anfir, associação das fabricantes. O segmento pesado exerceu a maior influência positiva do setor, impulsionado pelo agronegócio.

Entre janeiro e março, foram vendidos quase 14 mil implementos pesados – reboques e semirreboques – representando avanço expressivo de 61% na comparação anual. Com quase 4 mil unidades, a categoria graneleiro/carga seca lidera as vendas, conforme o levantamento da entidade. No segmento leve, o crescimento foi menos intenso, de 29,4%, para 11,5 mil unidades.

No entanto, a Anfir vê os números com cautela. Para seu presidente, Norberto Fabris, os investimentos necessários para aumentar o aquecimento dos negócios ainda não aconteceram. “A confiança geral melhorou mas as decisões de investir demandam um pouco mais de tempo. Daí esse ritmo mais lento na retomada”, explica.

Apesar disso, Fabris lembra que datas comemorativas, como Páscoa e Dia das Mães, tradicionalmente representam aquecimento no comércio de varejo. “São eventos no qual o comércio nas cidades espera ter bom desempenho e isso se reflete nos negócios de nosso setor”, comenta.