Citroën e Peugeot estreitam laços em planos para o Brasil

78

Citroën e PeugeotCitroën e Peugeot

A Citroën e Peugeot, marcas francesas coordenadas pelo Grupo PSA, divulgaram novos objetivos para o Brasil. Como parte dos planos Virada Brasil, a companhia busca duplicar o tamanho da rede de concessionárias no país dentro de quatro anos. Unificação de lojas faz parte dos planos.

A PSA

A PSA, dona das francesas Citroën e Peugeot, tem objetivos para o Brasil que incluem a unificação de parte da rede concessionária.

Concessionária inaugurada na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, segue novo modelo de negócio da PSA.

Assim, até 2021, a PSA teria um total de 364 lojas brasileiras. O objetivo é controlar 5% do mercado automotivo no período. Atualmente, a companhia tem 189 pontos de venda por aqui. Ainda neste ano, os planos são de ampliar a rede para 245 concessionárias, um aumento de 30%.

Estratégias

Uma das estratégias da Citroën e Peugeot para concretizar seus objetivos é uma nova forma de relacionamento. As marcas estão passando a dividir o espaço de concessionárias, mas mantendo a identidade da marca.

Exemplos desse tipo de espaço foram duas concessionárias inauguradas recentemente, no Rio de Janeiro (RJ) e em Maceió (AL). Nos dois locais, as marcas dividem a área, mas deixam clara a divisão entre suas propostas e respectivas identidades.

“Estávamos atentos à grande transformação que a rede de distribuidores passou na Europa e tínhamos justamente este grande diferencial para utilizar aqui: um modelo de concessionária bi marca, com uma só estrutura, mas concebida com espaço e linguagem visual distintos, de acordo com as identidades e concepção única dos produtos de cada marca”, detalhou o diretor de desenvolvimento da dede, Marcelo Merani.

Lojas unificadas compartilharão oficina

Em contato com o AutoPapo, a PSA Brasil esclareceu que nem todas as lojas serão bimarca. De acordo com a companhia, cerca de 30% da rede segue este modelo no Brasil. A unificação do espaço dependerá de uma decisão regional.

O grupo da Citroën e Peugeot também reforça a distinção entre os showrooms das duas marcas, e promete mais eficiência no atendimento ao cliente. A empresa esclarece que, onde houver a combinação de lojas, a área de serviços e oficina será compartilhada.

De acordo com a PSA Brasil, isso é possível porque diversas tecnologias e componentes nos carros das duas fabricantes são os mesmos. Similarmente, a área administrativa também vai dividir tarefas.

Atualizações das gamas da Citroën e Peugeot

Outra parte do Virada Brasil foi a renovação na gama de modelos das marcas francesas, assim como novos lançamentos no país. Exemplos são os SUVs da Peugeot, 2008 e 3008; e os modelos da Citroën, o sedã reestilizado C4 Lounge, e o utilitário recém-lançado C4 Cactus.

No mês passado, o novato foi emplacado 1.138 vezes, aparecendo como o 40º carro mais vendido do país. O Peugeot 2008 também figurou entre os mais procurados, na 47º posição, com 571 unidades vendida.