Caminhões mantêm ritmo forte, venda cresce 45%

Mais que o setor agrícola, condições de financiamento e varejo favorecem os negócios

37

Caminhões mantêm ritmo forteCaminhões mantêm ritmo forte

Nem mesmo o carnaval foi capaz de tirar o embalo dos caminhões em março. As vendas no mês somaram 7,6 mil unidades e registraram alta de 11,9% sobre fevereiro. A média diária de emplacamentos subiu de 341 para 401 veículos. No acumulado do trimestre os caminhões somaram 21,4 mil unidades e anotaram acréscimo de 45,7% na comparação com igual período do ano passado. As informações foram divulgadas pela Fenabrave, entidade que reúne as associações de concessionários.

 

Os bancos vêm praticando juros mais atrativos que os do Finame.Alarico Assumpção Júnior. - Presidente da Fenabrave

Transporte de milho e soja

A entidade ressalta que o transporte de milho e soja mantém aquecida a venda de pesados, mas recorda que os modelos de pequeno e médio porte também ganharam espaço no período.

“A restrição cada vez maior aos caminhões extrapesados nos grandes centros obriga os empresários a investir em modelos menores”, diz o vice-presidente da entidade, Sérgio Zonta. A recuperação da economia, o aumento da confiança do consumidor e o comércio de varejo também estão puxando o crescimento na comparação com 2018.

Vídeo do 1º trimestre e novas projeções