Importância da educação em segurança química

Acidentes com produtos perigosos a importância da educação em segurança química

13

Acidentes com produtos perigosos a importância da educação em segurança química

O processo de industrialização trouxe conforto à vida moderna com a produção de bens de consumo em larga escala. Grande parte desses insumos tem na sua formulação produtos químicos, que passaram a ser produzidos em larga escala.

A despeito das etapas do processo que envolve produção e distribuição de substâncias químicas, quais sejam a transformação, o transporte, o armazenamento e o manuseio, apesar das ferramentas de controle disponíveis, não é possível eliminar 100% dos riscos de ocorrência de acidentes. Os acidentes tecnológicos, os acidentes ambientais e as emergências químicas em geral, dependendo das características físicas, químicas e toxicológicas das substâncias envolvidas, podem originar diferentes
impactos, causando danos ao meio ambiente, à saúde e à segurança pública.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB define o termo emergência química como uma situação envolvendo produtos químicos que pode, de alguma forma, representar perigo à saúde e segurança da população, ao meio ambiente e aos patrimônios público e privado, requerendo, portanto, intervenções imediatas.

Ambientes que ofereçam riscos decorrentes das atividades relacionadas aos produtos químicos e que estejam, por força legal, sob a supervisão de técnicos responsáveis, como é o caso das indústrias, seguem padrões de segurança que buscam prevenir a ocorrência das emergências químicas. Caso ocorram, planos de intervenção são implementados com o intuito de minimizar suas consequências.

Leia o restante do artigo na revista LUBES EM FOCO – edição 70, apresentada abaixo: