Acidente fatal da Uber foi causado por freios desativados

56

Acidente fatal da UberAcidente fatal da Uber

Se você tem acompanhado as notícias referentes aos veículos autônomos da Uber, deve saber que alguns problemas ocorreram – como um atropelamento fatal nos Estados unidos. Após o acidente, a Uber desativou os freios de emergência nos veículos para melhorar a direção dos carros. Contudo, um relatório recente pode trazer uma luz a respeito da fatalidade ocorrida.

No começo deste ano, a equipe responsável pelo desenvolvimento dos carros autônomos estava focando os trabalhos em uma volta de demonstração com o novo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi. Segundo o portal Business Insider, a empresa liberou um documento para seus funcionários em que pedia aos engenheiros envolvidos no projeto que limitassem o número de “experiências ruins” a no máximo uma por passeio.

Dois dias depois, um novo e-mail surgiu, informando que a Uber havia desligado os recursos do veículo que eram responsáveis pela tomada de decisões em casos de emergência, como frear. Os responsáveis pela empresa insistiram que essas medidas eram para aumentar a proteção, já que uma freada brusca fora de hora poderia causar acidentes a outros carros na rodovia. Além disso, ao desativar essas medidas, também seria possível melhorar os números da experiência. Desse modo, ficaria a cargo dos motoristas de segurança intervirem quando necessário.

Infelizmente, os recursos ainda estavam desativados quando Elaine Herzberg cruzou com o carro da Uber. O sistema reconheceu que seria necessário frear para evitar uma colisão, mas os freios de emergência não estavam habilitados e, para completar, o sistema não foi configurado para alertar o motorista de segurança sobre uma colisão iminente.

Falta de comunicação

Para funcionários da Uber, muito desse acidente vem da falta de comunicação entre as equipes de direção autônoma: um dos engenheiros apontou que uma equipe não sabe o que a outra está fazendo, de modo que não há informações claras entre elas sobre quais recursos estão ativados ou quais carros tiveram problemas na direção.