VW I.D. BUZZ CARGO o retorno da Kombi como elétrica

Ela foi pensada para uso comercial e pode ganhar versão de produção em 2022

53

VW I.D. BUZZ CARGOVW I.D BUZZ CARGO

A Volkswagen Kombi original, conhecida no restante do mundo como Transporter, é o veículo comercial mais famoso de todos os tempos. Principalmente as séries T1 e T2 (de 1949 a 1979). Não é à toa que a Volkswagen escolheu o Salão de Detroit de 2017 para mostrar sua versão elétrica para o mundo moderno: o I.D. BUZZ. Quase dois anos depois, a fabricante traz um protótipo da variante de carga para o Salão de Los Angeles, chamado VW I.D. BUZZ CARGO. É montada com a nova plataforma modular para carros elétricos e pode ser lançada na Europa em 2022.

A engenharia da VW combinou a bateria do VW I.D. BUZZ CARGO com um motor de 204 cv, uma transmissão de marcha única e tração traseira. A versão de passageiros pode ser equipada com sistema de tração nas quatro rodas, então pode ser que ele seja disponibilizado também para a variante de carga. Para não deixar que o motorista acabe com a bateria andando rápido demais, o modelo tem velocidade máxima limitada a 160 km/h.

Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019
Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019

 

A bateria

A bateria de 111 kWh pode ser carregada a até 80% de sua capacidade em 30 minutos, usando uma estação de recarga rápida de 150 kW DC. O sistema de baterias ainda é preparado para recarga sem fio por indução, bastando apenas posicionar o veículo sobre uma base especial, que transmite a energia através de um campo eletromagnético.

O design

O design do VW I.D. BUZZ CARGO faz uma homenagem ao passado. É praticamente uma Kombi moderna, com o característico “V” frontal formado pela pintura e o logotipo da marca no meio, só que com uma nova interpretação. Ao invés dos faróis redondos do modelo antigo, o futuro VW tem conjuntos de LED que não só iluminam as ruas, como também são capazes de mostrar mensagens aos pedestres.

Outra característica do design é o balanço dianteiro curto. A van tem 5,05 metros de comprimento, 1,98 m de largura, 1,96 m de altura e 3,30 m de entre-eixos. Já o balanço traseiro foi estendido em cerca de 10 centímetros em comparação ao modelo de passageiros. Como o motor fica no eixo, a frente do carro tem um compartimento para 198 litros.

O exterior

Por fora, o CARGO se difere do I.D. BUZZ de passageiros pelo novo teto com células solares, portas na traseira e um novo para-choque traseiro. As células são capaz de absorver a energia solar e convertê-la em energia para as baterias, recuperando até 15 km de autonomia por dia. Como o acesso da carga é feito pela porta traseira, não existe a entrada lateral corrediça da versão de passageiro, o que permitiu que o espaço interno fosse otimizado com o uso de um sistema de prateleiras.

Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019
Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019

 

A cabine

A cabine foi desenvolvida para uso comercial. Ao invés de dois bancos, o conceito tem um assento para o motorista e um banco duplo para dois passageiros. O assento central pode ser rebatido para dar espaço a uma estação de trabalho, permitindo que o motorista use um laptop integrado – principalmente quando o modo autônomo “I.D. Pilot” estiver ativado. A VW diz que, para ligar o modo autônomo, basta apertar um botão no volante por alguns segundos. O volante pode ser retraído para o painel de instrumentos e o banco do motorista pode virar 15 graus para a direita, facilitando o uso do computador integrado.

Quando estiver no modo manual, o carro irá exibir as informações em 3D com o uso de um head-up display de realidade aumentada. No lugar dos retrovisores, vem equipado com câmeras que transmitem as imagens para pequenas telas dentro do carro. Outras informações, como uso do ar-condicionado ou a central multimídia, são exibidas em um tablet.

Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019
Volkswagen I.D. BUZZ CARGO Concept 2019

A VW até criou um sistema para que o motorista possa aceitar, planejar e processar pedidos de entrega e retirada  de produtos. As prateleiras são conectadas ao carro, avisando quando um produto precisa ser entregue e, ao remover seu conteúdo, o veículo cria um histórico de toda a transação. É possível até criar um plano de entregas de acordo com o horário marcado pelo cliente.

Fotos: divulgação